Conecte-se connosco

Mundo

Covid-19: Cabo Verde vacina média de 2.200 jovens por dia

Publicado

em

Cabo Verde recebeu 409 mil doses de vacinas contra a covid-19 e 26.419 jovens entre 18 e 39 anos já receberam pelo menos uma dose, numa média diária de 2.200, representando 12% nessa faixa etária, foi hoje anunciado.

As informações foram avançadas na habitual conferência de imprensa semanal de ponto de situação da pandemia no país pelo diretor nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto, que indicou que Cabo Verde já recebeu 409.050 doses de vacina contra a covid-19, e as últimas 24 mil, da AstraZeneca, foram disponibilizadas na sexta-feira por Portugal.

Desde 28 de junho que o país alargou as inscrições para pessoas com 18 anos ou mais e até hoje já vacinou 26.419 jovens entre 18 e 39 anos, anunciou a mesma fonte.

“Apesar daquilo que tem sido veiculado nas redes sociais e também nas notícias, tem havido uma grande procura de jovens desse grupo, uma média de 2.200 por dia, e se nós considerarmos a estimativa da população dessa faixa etária entre 18 e 39 anos de idade, que é de cerca de 218 mil pessoas, nós já conseguimos vacinar 12% com uma primeira dose”, precisou.

Segundo o diretor nacional de Saúde, do total de 409.050 doses de vacina recebidas até agora, Cabo Verde já aplicou 141.390 doses, representando 34,6% do total, sendo que 125.242 pessoas já tomaram a primeira dose (33,8%), o que é considerado “um bom resultado até agora”.

“Se nós mantivermos esse ritmo de vacinar cerca de 3.500 a 4.000 pessoas por dia, nós iremos conseguir alcançar a meta já estabelecida pelo Governo que é de vacinar pelo menos 70% da população até ao final deste ano”, reforço Jorge Barreto.

Relativamente às pessoas que já receberam a segunda dose das vacinas, Jorge Barreto disse que já foram 16.148, representando 4,4%, o que ainda é “um resultado irrisório”, pelo que apelou a todos os adultos para se vacinarem o quanto antes.

Em termos de concelho, o da Ribeira Grande de Santo Antão lidera a vacinação, com 66,7% da sua população adulta com pelo menos uma dose, seguindo-se Tarrafal de São Nicolau, com 62,3%, a ilha do Sal, com 60,6%, Paul (57,6%), Ribeira Brava de São Nicolau (55,9%), enquanto todos os outros concelhos têm percentagem abaixo de 50%.

Outra informação avançada pelo diretor nacional de Saúde na conferência de imprensa é que Cabo Verde vai a partir de agora reduzir o intervalo de tempo para as pessoas que já tiveram covid-19 tomarem as vacinas, de seis meses para três meses a partir da data do diagnóstico.

“Esta foi uma decisão baseada com sempre em orientações científicas e também permitir que essas pessoas possam estar mais protegidas em relação à covid-19”, salientou Jorge Barreto.

Nas últimas 24 horas, Cabo Verde registou mais 15 novos casos positivos de infeção pelo novo coronavírus, elevando para 33.317 o acumulado de infetados no país desde o início da pandemia, dos quais 295 resultaram em morte, 32.496 casos considerados recuperados e há ainda 506 casos ativos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com