Conecte-se connosco

Coimbra

Coruja de 17 mil euros embeleza Universidade de Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

A Universidade de Coimbra (UC) inaugurou hoje uma obra do artista plástico Bordalo II, que embeleza a fachada norte do Colégio das Artes, junto ao Museu da Ciência. A intervenção artística custou aos cofres da instituição 17 mil euros, valor a que acresce IVA, e é feita com materiais reciclados.

Bordalo II foi desafiado pela UC para realizar a obra, uma coruja, especificamente para a parede exterior do Colégio das Arte, por ser um artista plástico “reconhecido internacionalmente pelo seu trabalho ligado à sustentabilidade, em que recicla o desperdício para criar obras com impacto. O trabalho pertence à série “Big Trash Animals – Neutral”.

“É uma mistura da arte contemporânea com séculos de história”, frisou Amílcar Falcão ao NDC falando de uma peça “simbólica do ponto de vista da sustentabilidade” que foi instalada nesta que é uma “zona muito visitada” sobretudo por estudantes do secundário. O reitor sublinhou que a “a coruja é símbolo do conhecimento e está presente em vários locais da UC, como na insígnia da instituição, acompanhando a deusa da sabedoria, Minerva”. Além disso, afirmou, “também a “cabra” [Torre], quando vista dos quatro cantos da cidade de Coimbra, relembra a coruja, sempre vigilante com o seu olhar a 360º”.

Revelando ao NDC que a obra custou 17 mil euros mais IVA, valor pago na totalidade pela UC, Amílcar Falcão referiu que não está prevista mais nenhuma instalação deste género nos próximos tempos. No entanto, adiantou, este ano vai trazer algumas novidades no âmbito da oferta cultural da Universidade, como a abertura do Gabinete das Curiosidades, a fase I do Museu Académico e m gabinete novo no Chimico, no âmbito da oferta cultural da UC

Presente na cerimónia de inauguração esteve também José Manuel Silva, presidente da Câmara Municipal, que explicou que o município tem “a arte urbana como um dos objetivos de desenvolvimento artístico e cultural de Coimbra”.

“A nossa velha Universidade mantém o seu espírito jovem, provocador e criativo”, referiu, dizendo que a instituição “consegue trazer até si um artistas disruptivos”. O autarca destacou “a mensagem imensa” da intervenção artística, falando de “arte circular, porque utiliza lixo que afinal se transforma em beleza e arte”.

“A sustentabilidade é um tema cada vez mais sensível para todos os estudantes e todos os jovens”, sublinhou Cesário Silva, presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra, demonstrando abertura para ajudar a criar uma cidade, uma Universidade e uma AAC mais sustentáveis.

“Através desta manifestação criativa de arte contemporânea temos mais uma evidencia de uma mensagem muito forte que alinha a obra deste artista com a intenção da universidade”, afirmou a pró-reitora da UC para o Planeamento da UC, Patrícia Pereira da Silva. Também para o vice-reitor da UC para o Património, Edificado e Infraestruturas, Alfredo Dias, “não haveria muitos lugares melhores do que este para instalar esta obra”, referindo-se a uma “zona que está a sofrer muitas e vastas requalificações.

Veja o direto NDC com o reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão:

Veja a obra de Bordalo II que agora está na Universidade de Coimbra: 

Assista ao direto NDC com a cerimónia de inauguração:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link