Conecte-se connosco

Cidade

Convento São Francisco recebe Orquestra XXI

Publicado

em

 

O grande auditório do Convento São Francisco (CSF) acolhe um concerto da  Orquestra XXI, no sábado, dia 3 de setembro, pelas 22:00.

violino

Assinalando os 400 anos da morte de Shakespeare, a Orquestra XXI volta a reunir-se em Portugal, para a sua 7.ª Digressão, com paragem em Coimbra, centrada no “Sonho de Uma Noite de Verão”. Mendelssohn escreveu uma das suas mais célebres obras para acompanhar a peça de Shakespeare, da qual o ator Ricardo Pereira irá narrar excertos, num concerto que inclui também a Suite do bailado “Pulcinella”, de Stravinsky, e a peça “Acanto”, da jovem compositora portuguesa Andreia Pinto-Correia, que tem desenvolvido um percurso relevante nos EUA.

Pela primeira vez, a Orquestra XXI alarga-se também a cantores, com a criação de um Coro de Câmara formado por cantoras portuguesas residentes no estrangeiro, que irão interpretar as Fadas de Shakespeare, para quem Mendelssohn escreveu duas canções.

Os bilhetes estarão à venda, a partir da próxima segunda-feira, no balcão do CSF, na FNAC e na Bilheteira Online, em www.bol.pt.

A Orquestra XXI é um projeto que nasceu em 2013. Reúne perto de uma centena de jovens músicos portugueses residentes no estrangeiro e que se tem apresentado com regularidade nos mais prestigiados palcos nacionais, tendo já conquistado o público português e a crítica especializada.

São perto de uma centena de jovens portugueses com, pelo menos, duas caraterísticas em comum: o gosto pela música e a residência no estrangeiro. Jovens espalhados pelo mundo, que formam uma orquestra caraterizada pela pluralidade de experiências dos seus elementos. Vivem em cidades como Londres, Paris, Berlim, Zurique, Perm, Madrid e Amsterdão. Desenvolvem a sua atividade profissional em organismos como a Orquestra Sinfónica de Londres, a Orquestra Nacional de França, a Filarmónica de Dresden e a Ópera de Zurique, ou estudam em escolas como a Hoschule für Musik Hanns Eisler, Zürcher Hoschule der Künste ou a Royal Academy of Music.

Juntaram-se pela ligação ao seu país, formaram a Orquestra XXI e reúnem-se em Portugal para trabalhar e apresentar uma média de três programas por ano – em salas privilegiadas dos grandes centros urbanos e em localidades com atividade cultural menos regular.

Durante a sua passagem por Portugal, a Orquestra XXI acolhe em estágio um grupo de jovens estudantes dos conservatórios e escolas de música nacionais.

Oferece-lhes a oportunidade de trabalharem no contexto de uma orquestra profissional com um elevado nível de exigência, e proporcionando-lhes a integração de uma rede de contactos que lhes permitirá manterem-se mais informados sobre possibilidades relativas ao seu desenvolvimento.

Esta ideia, de criar uma plataforma que promova oportunidades para que os músicos que têm saído de Portugal possam partilhar as suas experiências com o seu país de origem, mereceu à Orquestra XXI o 1.º Prémio no concurso de empreendedorismo social “Ideias de Origem Portuguesa”, promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito da iniciativa FAZ, realizada em parceria com a Cotec Portugal, bem como o Alto Patrocínio da Presidência da República.

Programa

ORQUESTRA XXI

CORO DE CÂMARA

DINIS SOUSA, direção musical

RICARDO PEREIRA, narrador

ANDREIA PINTO-CORREIA

ACANTO

IGOR STRAVINSKY

PULCINELLA: SUITE

FELIX MENDELSSOHN-BARTHOLDY

SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO

Informações e reservas: Convento São Francisco || T. 239 857 191 (das 15h00 às 20h00)

Bilheteira Online || www.bol.pt

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link