Coimbra

Contra-ataque da Académica à ação intentada por José Eduardo Simões

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 05-05-2017

| EXCLUSIVO NDC |

PUBLICIDADE

A contestação e o contra-ataque da Académica à ação intentada por José Eduardo Simões. Ex-presidente Paulo Almeida, é testemunha de defesa.

jes

PUBLICIDADE

Notícias de Coimbra publica na integra a contestação que deu entrada nos Juízos Cíveis de Coimbra na passada quarta-feira. A Académica defende-se e contra-ataca na ação que lhe moveu José Eduardo Simões e em que este pede a condenação da Académica a pagar-lhe 2 milhões de Euros.

A  “história” é contada  por Uría Menéndez/Proença de Carvalho, um dos mais prestigiados escritórios de advogados do país, que, a pedido do então Presidente Paulo Almeida, aceitou defender a Académica.  

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A corrupção em que foi condenado José Eduardo Simões, as relações com Emídio Mendes e os negócios de jogadores.

Ficamos a conhecer a situação económica e financeira muito debilitada da Académica, “na eminência de fechar por causa de JES!”.

Ficámos ainda a saber que Paulo Almeida, antes de sair invocando motivos do foro pessoal, deixou a auditoria feita e que será uma das testemunhas de defesa da Académica.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE