Conecte-se connosco

Região

Conselho Português das Igrejas Cristãs manifesta pesar pela morte de José Manuel Leite

Publicado

em

O Conselho Português das Igrejas Cristãs (COPIC) manifestou hoje pesar pela morte do pastor presbiteriano José Manuel Leite, primeiro presidente eleito da Câmara Municipal da Figueira da Foz após o 25 de Abril, sublinhando a sua defesa do papel das minorias religiosas.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a direção do COPIC exprime “sentidas condolências à família enlutada e à Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal”, da qual José Manuel Leite fazia parte “e foi um destacado dirigente e pastor”.

Primeiro presidente eleito da Câmara Municipal da Figueira da Foz em 1976, nas listas do PS, José Manuel Leite morreu na noite de domingo, aos 81 anos, vítima de doença prolongada.

Na nota, o Conselho Português de Igrejas Cristãs, que está a celebrar o seu 50.º aniversário, “faz respeitosa memória do trabalho desenvolvido pelo Pastor José Leite na implantação do movimento ecuménico em Portugal e no exercício de diversos cargos diretivos e de presidência deste Conselho Ecuménico”.

“O seu envolvimento direto nas instâncias ecuménicas mundiais e europeias projetou internacionalmente o movimento ecuménico português, trazendo igualmente novas visões e aberturas para as Igrejas nacionais”, acrescenta.

No ano em que Portugal comemora o 20.º aniversário da Lei da Liberdade Religiosa (2001-2021), o COPIC sublinha “a práxis de vida e de fé cristã” de José Manuel Leite “que o levou a assumir cargos de natureza política para o bem e serviço da comunidade, sempre na defesa do papel das minorias religiosas e outras na sociedade portuguesa”.

O corpo de José Manuel Leite estará em câmara ardente na quarta-feira, a partir das 10:00, na Igreja Presbiteriana da Figueira da Foz, estando o funeral agendado para as 15:00 do mesmo dia.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link