Conecte-se connosco

Coimbra

Conimbriga Hotel do Paço cria ofertas especiais para teletrabalho

Publicado

em

O Conimbriga Hotel do Paço continua a sua adaptação aos novos tempos. Com a redução drástica de eventos familiares e corporativos programados, transformou uma das suas salas de reuniões em espaço para Teletrabalho.

“É possível escolher o nosso hotel para trabalhar. Quer em alojamento, usufruindo do espaço de trabalho privado nos quartos, quer através do nosso bar ou sala de reuniões preparada para o efeito”, anuncia o diretor da unidade hoteleira.

José Miguel Ferreira esclarece que o Conimbriga Hotel do Paço “está preparado para receber trabalhadores com dormida ou em regime day use. Quem quer trabalhar no nosso espaço sem dormida, pode fazê-lo através do pagamento de um valor consumível no nosso Gavius Restaurante & Bar”.

Os trabalhadores que escolherem o Conimbriga Hotel do Paço para trabalhar, com e sem alojamento, têm direito a usufruir dos seus espaços comuns como a piscina, o jardim ou o ginásio. Estes equipamentos estão disponíveis através do cumprimento de todas as regras impostas pela DGS.

A unidade hoteleira de quatro estrelas tem feito um enorme esforço de adaptação ao COVID-19, sendo detentora do selo Safe & Clean do Turismo de Portugal e do Selo Safe Travels da World Travel & Tourism Council (WTTC). 

À semelhança do Hotel Parque Serra da Lousã, o Conimbriga Hotel do Paço é parte integrante da oferta de Turismo com Propósito Social da Fundação ADFP. Atualmente, todo o saldo positivo que este hotel consegue gerar é destinado ao apoio aos mais vulneráveis promovido pela organização.

Em residências, a Instituição sem fins lucrativos, de utilidade pública, apoia mulheres/mães em situação de pobreza, crianças “sem família“, jovens e adultos com deficiência ou doença mental, idosos doentes em fim de vida, refugiados e pessoas “sem abrigo”.

A aquisição pela IPSS inseriu-se numa aposta da instituição no desenvolvimento regional no âmbito da vertente turística, juntando-se assim ao Hotel Parque Serra da Lousã (Miranda do Corvo), do restaurante Museu da Chanfana, Parque Biológico da Serra da Lousã com Centro Hípico, e do Templo Ecuménico Universalista com Observatório de Religiões. Possui ainda os museus Espaço da Mente, Tanoaria e oficinas de artes e ofícios tradicionais e a cafeteria Museu diz Mel. 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link