Desporto

Conheça a história de Pinto da Costa em 42 anos no Porto. Inimitável!

Notícias de Coimbra | 2 meses atrás em 28-04-2024

Os principais marcos históricos do FC Porto em 42 anos sob a presidência de Jorge Nuno Pinto da Costa, que perdeu no sábado as eleições dos órgãos sociais do clube:

PUBLICIDADE

17 de abril de 1982 – Eleito sem oposição como 33.º presidente da história do clube, horas depois da vitória da equipa de futebol na receção ao Penafiel (1-0), da 25.ª jornada da I Liga. Seis dias mais tarde, é empossado como sucessor de Américo de Sá e arranca o primeiro de 15 ou 16 mandatos consecutivos.

31 de julho de 1982 – O hóquei em patins rubrica o primeiro título coletivo de sempre do ‘reinado’ presidencial, ao conquistar uma inédita Taça das Taças frente ao Sporting (20-12 nas duas mãos), que seria revalidada na temporada seguinte perante o Benfica (2-1 no desempate por grandes penalidades, após empate 6-6 no agregado).

PUBLICIDADE

21 de agosto de 1982 – José Maria Pedroto inicia a terceira e última passagem pelo comando técnico do futebol com uma vitória na visita ao Portimonense (2-1), da jornada inaugural da I Liga, após já ter coincidido com o então diretor desportivo Pinto da Costa entre 1976 e 1980.

08 de novembro de 1983 – Fernando Gomes recebe a primeira de duas Botas de Ouro da carreira, em Paris, após ter sido o melhor marcador dos campeonatos europeus de futebol em 1982/83.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

04 de dezembro de 1983 – José Maria Pedroto cumpre o 325.º e último jogo à frente do futebol, com uma vitória por 1-0 em Penafiel, para a 10.ª jornada da I Liga, antes de ser substituído pelo então treinador-adjunto António Morais, devido a problemas de saúde.

14 de dezembro de 1983 – O futebol logra o primeiro de 68 troféus no ‘reinado’ presidencial, ao vencer com reviravolta o Benfica (2-1), em Lisboa, na segunda mão da Supertaça Cândido de Oliveira, após um empate sem golos no Porto. Seguiram-se mais 21 êxitos na prova, cujo recorde de êxitos (23) e de presenças em decisões (32) pertence ao FC Porto.

16 de maio de 1984 – A derrota com os italianos da Juventus (1-2), em Basileia, impede a conquista da Taça dos Vencedores das Taças de futebol, naquela que foi a primeira final internacional disputada pelo clube ao fim de pouco mais de nove décadas de existência.

12 de maio de 1985 – Uma goleada na receção ao Belenenses (5-1), da 27.ª jornada da I Liga, assegura a conquista do oitavo título de campeão nacional de futebol, e primeiro de 23 do ‘reinado’ presidencial, sob orientação de Artur Jorge.

19 de novembro de 1985 – Fernando Gomes recebe a segunda Bota de Ouro, referente à época 1984/85, em Paris.

17 de janeiro de 1986 – Primeira edição da gala anual Dragões de Ouro, com a atribuição de 12 galardões.

31 de maio de 1986 – O voleibol masculino sagra-se campeão nacional oito anos depois. Volvidas duas épocas, a secção chegaria à terceira e última ‘dobradinha’ do seu historial, sendo descontinuada em 1990.

28 de junho de 1986 – O hóquei em patins conquista a Taça dos Campeões Europeus pela primeira vez, ao derrotar na final os italianos do Novara (12-8 nas duas mãos).

17 de dezembro de 1986 – Inauguração do rebaixamento do Estádio das Antas, com a eliminação da pista de atletismo e ciclismo e a construção de novas filas de bancadas, que aumentou a lotação de 65.000 para 95.000 lugares.

28 de janeiro de 1987 – O hóquei em patins impõe-se à Sanjoanense na decisão da Supertaça Europeia (12-7 nas duas mãos).

27 de maio de 1987 – Dois golos de ‘rajada’ de Rabah Madjer e Juary no último quarto de hora operam a reviravolta dos pupilos de Artur Jorge frente aos alemães do Bayern Munique (2-1) na final da Taça dos Campeões Europeus, em Viena, rubricando o primeiro de sete troféus internacionais do clube no futebol.

13 de dezembro de 1987 – Fernando Gomes e Madjer contribuem para a conquista da Taça Intercontinental de futebol face aos uruguaios do Peñarol (2-1, após prolongamento), já sob orientação do jugoslavo Tomislav Ivić, perante um nevão em Tóquio.

13 de janeiro de 1988 – O FC Porto conquista a única Supertaça Europeia do futebol português e completa o ‘triplete’ internacional, ao bater em casa os neerlandeses do Ajax (1-0), repetindo o resultado alcançado no primeiro jogo frente aos detentores da Taça dos Vencedores das Taças, em Amesterdão.

23 de junho de 1990 – O hóquei em patins sagra-se campeão europeu pela segunda vez com uma vitória sobre os espanhóis do Noia (agregado de 11-2 na final).

26 de junho de 1994 – O andebol cessa uma ‘seca’ de 14 anos sem êxitos com a conquista da Taça de Portugal frente ao Benfica (23-22), em Aveiro.

09 de julho de 1994 – O hóquei em patins derrota os espanhóis do Vic na final da Taça CERS (9-6 nas duas mãos), prova que reconquistaria duas épocas depois diante do Tordera, também do país ‘vizinho’ (10-1 no agregado).

10 de julho de 1995 – Pinto da Costa é eleito como quinto presidente da história da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), em substituição do então homólogo do Benfica Manuel Damásio, permanecendo no cargo até 1996.

02 de junho de 1996 – O basquetebol termina uma ‘seca’ de 13 anos e reconquista o cetro de campeão nacional, que seria revalidado na época seguinte, ao vencer no terreno do então heptacampeão Benfica (85-77), no quarto jogo de uma final à melhor de cinco.

02 de agosto de 1996 – Fernanda Ribeiro sagra-se campeã olímpica dos 10.000 metros em Atlanta1996, rubricando o maior feito de sempre de atletas vinculados ao FC Porto no principal evento multidesportivo mundial.

05 de agosto de 1997 – A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD constitui-se como a primeira sociedade desportiva em Portugal, num modelo que seria, pouco tempo depois, replicado no basquetebol.

12 de abril de 1999 – O andebol quebra um ‘jejum’ de 31 anos depois e sagra-se campeão nacional com uma vitória na receção ao ABC (17-16).

22 de maio de 1999 – Um empate frente ao Sporting (1-1), em Lisboa, para a 33.ª e penúltima jornada da I Liga, garante a conquista do pentacampeonato, marca sem paralelo na história do futebol português. O inglês Bobby Robson e os ex-selecionadores portugueses António Oliveira e Fernando Santos foram os treinadores responsáveis pela maior sequência de títulos de campeão nacional do clube.

04 de agosto de 1999 – Mário Jardel premiado com a Bota de Ouro da temporada 1998/99, em Munique.

30 de setembro de 2000 – Fernanda Ribeiro conquista a medalha de bronze dos 10.000 metros nos Jogos Olímpicos Sydney2000.

08 de maio de 2001 – Lançamento da primeira pedra do Estádio do Dragão, projecto que ‘nasceu’ para o Euro2004 de futebol e que custou 125 milhões de euros (ME), tendo sofrido sucessivas paragens e adiamentos durante a sua construção, devido aos conflitos entre Pinto da Costa e o então presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio.

05 de agosto de 2002 – Inauguração do Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, que foi construído pela Câmara Municipal de Gaia e que está cedido ao FC Porto através de um contrato-programa extensível por 50 anos.

02 de dezembro de 2002 – A goleada na receção à Académica (4-1), da 12.ª jornada da I Liga, assinala o jogo 1.000 do ‘reinado’ presidencial no futebol.

21 de maio de 2003 – O futebol regressa aos êxitos internacionais 15 anos depois, ao impor-se aos escoceses do Celtic (3-2, após prolongamento), em Sevilha, na final da Taça UEFA, quase ano e meio depois da chegada de José Mourinho ao comando técnico.

16 de novembro de 2003 – O Estádio do Dragão é inaugurado com uma vitória num jogo particular frente ao FC Barcelona (2-0), com golos de Derlei e Hugo Almeida, que marcou a estreia de Lionel Messi pelo conjunto principal espanhol. Entre recintos próprios e alugados, o FC Porto conhecia a sua sexta casa, deixando para trás os Campos da Rainha, da Constituição e Campo do Amial e os Estádios do Lima e das Antas.

24 de janeiro de 2004 – O triunfo sobre o Estrela da Amadora (2-0), na 19.ª jornada da I Liga, assinala o 1.002.º e último jogo disputado pelo futebol no Estádio das Antas em quase 52 anos.

07 de fevereiro de 2004 – O primeiro jogo oficial realizado no Estádio do Dragão termina com um triunfo sobre a União de Leiria (2-1), na 21.ª jornada da I Liga.

08 de março de 2004 – Início da demolição do Estádio das Antas, que durou até ao derrube de uma das torres de iluminação localizadas na bancada sul, em 13 de outubro de 2021, num espaço ocupado atualmente por um condomínio residencial.

26 de maio de 2004 – O futebol sagra-se campeão pela segunda vez, ao conquistar a Liga dos Campeões frente aos franceses do Mónaco (3-0), em Gelsenkirchen, com golos de Carlos Alberto, Deco e Dmitri Alenichev, no sexto e último troféu da ‘era’ José Mourinho, que rumaria aos ingleses do Chelsea quase duas semanas depois.

30 de junho de 2004 – A FC Porto SAD regista o maior lucro de sempre, com 24,72 ME no exercício de 2003/04.

12 de dezembro de 2004 – O futebol volta a conquistar uma Taça Intercontinental em Tóquio, desta vez perante os colombianos do Once Caldas, no desempate por grandes penalidades (8-7, após 0-0 no final do prolongamento), com o espanhol Víctor Fernández no banco.

02 de dezembro de 2004 – A Polícia Judiciária (PJ) desloca-se a casa de Pinto da Costa com mandados de busca e detenção, no âmbito do processo Apito Dourado, mas o dirigente não está, pois teria sido alegadamente informado previamente da operação. Um dia depois, apresenta-se voluntariamente para interrogatório no Tribunal de Gondomar, saindo em liberdade em 07 de dezembro, mediante uma caução de 200 mil euros.

17 de junho de 2007 – Pinto da Costa é acusado formalmente do crime de corrupção de desportiva, no âmbito das investigações do processo Apito Dourado ao jogo entre FC Porto e Estrela da Amadora (2-0), em 24 de janeiro de 2004, da 19.ª jornada da I Liga de futebol. Quatro dias depois, recebe nova acusação por factos relacionados com o encontro dos ‘dragões’ frente ao Beira-Mar (0-0), em 18 de abril de 2004, da 31.ª ronda.

08 de maio de 2008 – A Comissão Disciplinar da LPFP suspende Pinto da Costa por dois anos e castiga a equipa de futebol com uma subtração de seis pontos, no âmbito do Apito Final, processo da justiça desportiva decorrente do Apito Dourado.

04 de abril de 2009 – Pinto da Costa é absolvido pelo Tribunal de Gaia da acusação de corrupção em relação ao jogo Beira-Mar-FC Porto, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do ‘caso do envelope’, decorrente do processo Apito Dourado.

23 de abril de 2009 – Inauguração do Dragão Arena, pavilhão das modalidades do clube, por ocasião do 27.º aniversário da primeira tomada de posse de Pinto da Costa.

10 de maio de 2009 – O futebol alcança o segundo tetracampeonato, conjugando um êxito rubricado pelo neerlandês Co Adriaanse e três sob orientação de Jesualdo Ferreira.

07 de agosto de 2010 – André Villas-Boas estreia-se no comando técnico da equipa de futebol com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira frente ao Benfica (2-0), em Aveiro, rumo ao 50.º troféu do ‘reinado’ presidencial.

03 de abril de 2011 – O FC Porto festeja a reconquista do cetro de campeão nacional de futebol num Estádio da Luz às escuras e com o sistema de rega do relvado ligado, após bater o Benfica (2-1), na 25.ª jornada da I Liga.

18 de maio de 2011 – O futebol chega ao sétimo e último êxito internacional, após vencer uma final 100% portuguesa da Liga Europa com o Sporting de Braga (1-0), em Dublin, numa temporada fechada com a conquista da Taça de Portugal (6-2 ao Vitória de Guimarães), que antecedeu a saída de André Villas-Boas para o Chelsea.

03 de junho de 2011 – O basquetebol sagra-se campeão nacional sete anos depois, ao triunfar na receção ao Benfica (86-76), no sétimo e último jogo da final dos play-offs.

04 de junho de 2011 – O hóquei em patins eterniza um decacampeonato sem precedentes, fruto de conquistas ininterruptas entre 2001/02 e 2010/11.

28 de setembro de 2013 – Inauguração do Museu do FC Porto em pleno dia do 120.º aniversário do clube.

11 de maio de 2013 – Kelvin marca no período de compensação e dita uma reviravolta vitoriosa na receção ao Benfica (2-1), da 29.ª e penúltima jornada da I Liga de 2012/13, que encaminharia o último tricampeonato do futebol.

23 de setembro de 2014 – Pinto da Costa é absolvido da acusação de corrupção em relação ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do processo Apito Dourado, pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

23 de maio de 2015 – O andebol arrebata um inédito sétimo título de campeão nacional consecutivo, ao vencer em casa o Sporting no quinto e último jogo da final (34-32, após dois prolongamentos), prolongando uma senda iniciada em 2008/09.

06 de dezembro de 2015 – O ciclismo é reativado em parceria com a Associação Calvário Várzea Clube De Ciclismo, dando origem à equipa W52-FC Porto, mais de 30 anos depois de ter deixado de competir no pelotão.

28 de maio de 2016 – No ano de regresso ao escalão principal, após três épocas nas divisões inferiores, o basquetebol derrota em casa o Benfica no quarto jogo da final dos play-offs (93-85) e alcança o 12.º e último cetro de campeão nacional.

08 de junho de 2017 – Sérgio Conceição assume o comando técnico do futebol, em substituição de Nuno Espírito Santo, regressando ao clube no qual terminou a sua formação e representou como sénior em duas fases (1996-1998 e 2004).

09 de junho de 2017 – A FC Porto SAD fica sob vigilância do regime de ‘fair play’ financeiro da UEFA, enfrentando retenção de prémios de participação nas competições europeias de futebol e limitação no número de jogadores inscritos.

17 de julho de 2017 – O Conselho de Justiça (CJ) da FPF absolve Pinto da Costa e o clube do alegado caso de corrupção em relação ao jogo Beira-Mar-FC Porto, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do processo Apito Final, restituindo os seis pontos aos ‘dragões’ na tabela classificativa do campeonato conquistado em 2007/08.

05 de maio de 2018 – Um empate no dérbi lisboeta entre Sporting e Benfica (0-0), da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, confirma o regresso do futebol aos títulos quatro épocas depois, findando o maior ‘jejum’ de troféus no ‘reinado’ no futebol, 

29 de abril de 2019 – A equipa de sub-19 conquista a UEFA Youth League de futebol, ao derrotar o Chelsea (3-1), em Nyon, no primeiro êxito de um clube português na prova.

09 de setembro de 2019 – O voleibol é reativado na vertente feminina, através de um protocolo com a Academia José Moreira (AJM).

07 de junho de 2020 – Pinto da Costa é reeleito para um 15.º mandato consecutivo, ao somar 68,65% dos votos, ficando à frente do jurista José Fernando Rio (26,44%) e do empresário e professor Nuno Lobo (4,91%), que voltaria a concorrer em 2024, nas primeiras eleições dos órgãos sociais do clube com mais do que uma candidatura desde 1991.

30 de junho de 2020 – A FC Porto SAD regista o maior prejuízo de sempre, com 116,8 ME no exercício de 2019/20.

19 de dezembro de 2021 – O hóquei em patins festeja uma inédita Taça Intercontinental em Alvalade frente ao Sporting (agregado de 11-9).

22 de abril de 2022 – Dez ciclistas da W52-FC Porto são constituídos arguidos, enquanto o diretor desportivo Nuno Ribeiro e o seu adjunto José Rodrigues são detidos no âmbito do processo Prova Limpa, que investiga o tráfico de substâncias e/ou métodos proibidos. Dominadora da modalidade a nível nacional nos seis anos anteriores, a equipa tinha vencido na estrada seis Voltas a Portugal consecutivas sob aquela designação, metade das quais posteriormente perdidas na secretaria.

07 de maio de 2022 – Um golo tardio de Zaidu derrota o Benfica (1-0), na 33. ª e penúltima jornada da I Liga, assegurando o 30.º e derradeiro título de campeão nacional do futebol.

29 de junho de 2022 – O hóquei em patins vence o 24.º e último título de campeão nacional e isola-se como recordista de conquistas da prova, ao bater em casa o Benfica (3-2), no quinto e decisivo jogo da final dos play-offs.

05 de julho de 2022 – O defesa central internacional angolano David Carmo estabelece a maior transferência de sempre entre clubes nacionais e da história ‘azul e branca’, após ter deixado o Sporting de Braga por 20,3 ME.

28 de julho de 2022 – O ciclismo suspende a parceria com a Associação Calvário Várzea Clube de Ciclismo, um dia depois da retirada da licença desportiva à W52-FC Porto pela União Ciclista Internacional (UCI).

06 de agosto de 2022 – A goleada na receção ao Marítimo (5-1), da primeira jornada da I Liga, assinala o jogo 2.000 do ‘reinado’ presidencial no futebol.

04 de outubro de 2022 – João Rodrigues, vencedor da Volta a Portugal de 2019 e da Volta ao Algarve de 2021, é suspenso por sete anos, enquanto outros seis ciclistas da W52-FC Porto recebem sanções de três anos da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), incluindo Rui Vinhas e Ricardo Mestre, vencedores da Volta a Portugal em 2016 e 2011, respetivamente, no âmbito da operação Prova Limpa.

24 de outubro de 2022 – A W52-FC Porto desiste de se constituir como equipa continental para a temporada 2023 e abandona o ciclismo ao fim de sete anos. 

11 de janeiro de 2023 – Sérgio Conceição isola-se como recordista de vitórias no comando do futebol, ao somar a 216.ª na receção ao Arouca (4-0), dos oitavos de final da Taça de Portugal, ultrapassando José Maria Pedroto.

13 de janeiro de 2023 – O Ministério Público (MP) acusa 26 arguidos, incluindo 10 ex-ciclistas da W52-FC Porto, o antigo diretor desportivo Nuno Ribeiro e o ‘patrão’ da equipa Adriano Teixeira de Sousa, mais conhecido como Adriano Quintanilha, de tráfico de substâncias e métodos proibidos, no âmbito da operação Prova Limpa.

28 de janeiro de 2023 – Sérgio Conceição suplanta Artur Jorge como treinador mais titulado da história do FC Porto no futebol, ao lograr o seu nono êxito na final da Taça da Liga frente ao Sporting (2-0), em Leiria. O clube completou o seu palmarés a nível interno, após quatro decisões perdidas naquela competição, ficando ineditamente na posse simultânea dos quatro principais troféus do futebol nacional.

29 de abril de 2023 – O voleibol feminino sagra-se tricampeão nacional e chega ao oitavo e último troféu na ‘era’ AJM/FC Porto.

07 de maio de 2023 – O hóquei em patins quebra um ‘jejum’ de 33 anos e conquista a Taça dos Campeões Europeus pela terceira vez, numa final 100% portuguesa disputada com o Valongo (5-1), em Viana do Castelo.

08 de maio de 2023 – Sérgio Conceição quebra o recorde de 322 jogos de José Maria Pedroto à frente do futebol com um triunfo em Arouca (1-0), para a 31.ª jornada da I Liga, apesar de estar a cumprir suspensão.

03 de junho de 2023 – O andebol sagra-se campeão nacional pela 24.ª e última vez, ao selar o ‘tetra’ na visita ao Madeira SAD (33-25), da 26.ª e última jornada.

04 de junho de 2023 – O futebol atinge a 84.ª e última conquista do ‘reinado’ presidencial e a 10.ª sob alçada de Sérgio Conceição, ao revalidar a Taça de Portugal frente ao Sporting de Braga (2-0), no Estádio Nacional, em Oeiras.

17 de julho de 2023 – O voleibol feminino termina um protocolo de quatro anos com a Academia José Moreira e passa a competir a solo.

22 de agosto de 2023 – O médio internacional português Otávio quebra o recorde de vendas da FC Porto SAD, ao assinar pelos sauditas do Al Nassr por 60 ME, verba correspondente à sua cláusula de rescisão.

29 de setembro de 2023 – O Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel decide levar a julgamento todos os 26 arguidos do processo Prova Limpa, incluindo antigos dirigentes e ciclistas da extinta W52-FC Porto.

01 de outubro de 2023 – O hóquei em patins derrota os espanhóis do Voltregà (5-3) na final da Taça Continental e completa uma dezena de troféus internacionais.

29 de outubro de 2023 – O ‘reinado’ presidencial chega às 1.000 vitórias no futebol na visita ao Vizela (2-0), da nona jornada da I Liga.

06 de novembro de 2023 – Nuno Ribeiro, diretor desportivo da extinta equipa de ciclismo W52-FC Porto e um dos 26 arguidos do processo Prova Limpa, é suspenso por 25 anos pela ADoP, por tráfico, administração e posse de substâncias e métodos proibidos.

27 de abril de 2024 – André Villas-Boas vence as eleições mais concorridas de sempre do clube, ao somar 79,96% dos votos, destronando um ‘reinado’ de 15.344 dias de Pinto da Costa, segundo candidato mais votado, com 19,44%, com Nuno Lobo a ficar em terceiro, com 0,2%, entre um recorde de 26.876 votantes.

Marcos históricos na presidência de Pinto da Costa. Inimitável!

Porto, 28 abr 2024 (Lusa) – Os principais marcos históricos do FC Porto em 42 anos sob a presidência de Jorge Nuno Pinto da Costa, que perdeu no sábado as eleições dos órgãos sociais do clube:

17 de abril de 1982 – Eleito sem oposição como 33.º presidente da história do clube, horas depois da vitória da equipa de futebol na receção ao Penafiel (1-0), da 25.ª jornada da I Liga. Seis dias mais tarde, é empossado como sucessor de Américo de Sá e arranca o primeiro de 15 ou 16 mandatos consecutivos.

31 de julho de 1982 – O hóquei em patins rubrica o primeiro título coletivo de sempre do ‘reinado’ presidencial, ao conquistar uma inédita Taça das Taças frente ao Sporting (20-12 nas duas mãos), que seria revalidada na temporada seguinte perante o Benfica (2-1 no desempate por grandes penalidades, após empate 6-6 no agregado).

21 de agosto de 1982 – José Maria Pedroto inicia a terceira e última passagem pelo comando técnico do futebol com uma vitória na visita ao Portimonense (2-1), da jornada inaugural da I Liga, após já ter coincidido com o então diretor desportivo Pinto da Costa entre 1976 e 1980.

08 de novembro de 1983 – Fernando Gomes recebe a primeira de duas Botas de Ouro da carreira, em Paris, após ter sido o melhor marcador dos campeonatos europeus de futebol em 1982/83.

04 de dezembro de 1983 – José Maria Pedroto cumpre o 325.º e último jogo à frente do futebol, com uma vitória por 1-0 em Penafiel, para a 10.ª jornada da I Liga, antes de ser substituído pelo então treinador-adjunto António Morais, devido a problemas de saúde.

14 de dezembro de 1983 – O futebol logra o primeiro de 68 troféus no ‘reinado’ presidencial, ao vencer com reviravolta o Benfica (2-1), em Lisboa, na segunda mão da Supertaça Cândido de Oliveira, após um empate sem golos no Porto. Seguiram-se mais 21 êxitos na prova, cujo recorde de êxitos (23) e de presenças em decisões (32) pertence ao FC Porto.

16 de maio de 1984 – A derrota com os italianos da Juventus (1-2), em Basileia, impede a conquista da Taça dos Vencedores das Taças de futebol, naquela que foi a primeira final internacional disputada pelo clube ao fim de pouco mais de nove décadas de existência.

12 de maio de 1985 – Uma goleada na receção ao Belenenses (5-1), da 27.ª jornada da I Liga, assegura a conquista do oitavo título de campeão nacional de futebol, e primeiro de 23 do ‘reinado’ presidencial, sob orientação de Artur Jorge.

19 de novembro de 1985 – Fernando Gomes recebe a segunda Bota de Ouro, referente à época 1984/85, em Paris.

17 de janeiro de 1986 – Primeira edição da gala anual Dragões de Ouro, com a atribuição de 12 galardões.

31 de maio de 1986 – O voleibol masculino sagra-se campeão nacional oito anos depois. Volvidas duas épocas, a secção chegaria à terceira e última ‘dobradinha’ do seu historial, sendo descontinuada em 1990.

28 de junho de 1986 – O hóquei em patins conquista a Taça dos Campeões Europeus pela primeira vez, ao derrotar na final os italianos do Novara (12-8 nas duas mãos).

17 de dezembro de 1986 – Inauguração do rebaixamento do Estádio das Antas, com a eliminação da pista de atletismo e ciclismo e a construção de novas filas de bancadas, que aumentou a lotação de 65.000 para 95.000 lugares.

28 de janeiro de 1987 – O hóquei em patins impõe-se à Sanjoanense na decisão da Supertaça Europeia (12-7 nas duas mãos).

27 de maio de 1987 – Dois golos de ‘rajada’ de Rabah Madjer e Juary no último quarto de hora operam a reviravolta dos pupilos de Artur Jorge frente aos alemães do Bayern Munique (2-1) na final da Taça dos Campeões Europeus, em Viena, rubricando o primeiro de sete troféus internacionais do clube no futebol.

13 de dezembro de 1987 – Fernando Gomes e Madjer contribuem para a conquista da Taça Intercontinental de futebol face aos uruguaios do Peñarol (2-1, após prolongamento), já sob orientação do jugoslavo Tomislav Ivić, perante um nevão em Tóquio.

13 de janeiro de 1988 – O FC Porto conquista a única Supertaça Europeia do futebol português e completa o ‘triplete’ internacional, ao bater em casa os neerlandeses do Ajax (1-0), repetindo o resultado alcançado no primeiro jogo frente aos detentores da Taça dos Vencedores das Taças, em Amesterdão.

23 de junho de 1990 – O hóquei em patins sagra-se campeão europeu pela segunda vez com uma vitória sobre os espanhóis do Noia (agregado de 11-2 na final).

26 de junho de 1994 – O andebol cessa uma ‘seca’ de 14 anos sem êxitos com a conquista da Taça de Portugal frente ao Benfica (23-22), em Aveiro.

09 de julho de 1994 – O hóquei em patins derrota os espanhóis do Vic na final da Taça CERS (9-6 nas duas mãos), prova que reconquistaria duas épocas depois diante do Tordera, também do país ‘vizinho’ (10-1 no agregado).

10 de julho de 1995 – Pinto da Costa é eleito como quinto presidente da história da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), em substituição do então homólogo do Benfica Manuel Damásio, permanecendo no cargo até 1996.

02 de junho de 1996 – O basquetebol termina uma ‘seca’ de 13 anos e reconquista o cetro de campeão nacional, que seria revalidado na época seguinte, ao vencer no terreno do então heptacampeão Benfica (85-77), no quarto jogo de uma final à melhor de cinco.

02 de agosto de 1996 – Fernanda Ribeiro sagra-se campeã olímpica dos 10.000 metros em Atlanta1996, rubricando o maior feito de sempre de atletas vinculados ao FC Porto no principal evento multidesportivo mundial.

05 de agosto de 1997 – A Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD constitui-se como a primeira sociedade desportiva em Portugal, num modelo que seria, pouco tempo depois, replicado no basquetebol.

12 de abril de 1999 – O andebol quebra um ‘jejum’ de 31 anos depois e sagra-se campeão nacional com uma vitória na receção ao ABC (17-16).

22 de maio de 1999 – Um empate frente ao Sporting (1-1), em Lisboa, para a 33.ª e penúltima jornada da I Liga, garante a conquista do pentacampeonato, marca sem paralelo na história do futebol português. O inglês Bobby Robson e os ex-selecionadores portugueses António Oliveira e Fernando Santos foram os treinadores responsáveis pela maior sequência de títulos de campeão nacional do clube.

04 de agosto de 1999 – Mário Jardel premiado com a Bota de Ouro da temporada 1998/99, em Munique.

30 de setembro de 2000 – Fernanda Ribeiro conquista a medalha de bronze dos 10.000 metros nos Jogos Olímpicos Sydney2000.

08 de maio de 2001 – Lançamento da primeira pedra do Estádio do Dragão, projecto que ‘nasceu’ para o Euro2004 de futebol e que custou 125 milhões de euros (ME), tendo sofrido sucessivas paragens e adiamentos durante a sua construção, devido aos conflitos entre Pinto da Costa e o então presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Rio.

05 de agosto de 2002 – Inauguração do Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival, que foi construído pela Câmara Municipal de Gaia e que está cedido ao FC Porto através de um contrato-programa extensível por 50 anos.

02 de dezembro de 2002 – A goleada na receção à Académica (4-1), da 12.ª jornada da I Liga, assinala o jogo 1.000 do ‘reinado’ presidencial no futebol.

21 de maio de 2003 – O futebol regressa aos êxitos internacionais 15 anos depois, ao impor-se aos escoceses do Celtic (3-2, após prolongamento), em Sevilha, na final da Taça UEFA, quase ano e meio depois da chegada de José Mourinho ao comando técnico.

16 de novembro de 2003 – O Estádio do Dragão é inaugurado com uma vitória num jogo particular frente ao FC Barcelona (2-0), com golos de Derlei e Hugo Almeida, que marcou a estreia de Lionel Messi pelo conjunto principal espanhol. Entre recintos próprios e alugados, o FC Porto conhecia a sua sexta casa, deixando para trás os Campos da Rainha, da Constituição e Campo do Amial e os Estádios do Lima e das Antas.

24 de janeiro de 2004 – O triunfo sobre o Estrela da Amadora (2-0), na 19.ª jornada da I Liga, assinala o 1.002.º e último jogo disputado pelo futebol no Estádio das Antas em quase 52 anos.

07 de fevereiro de 2004 – O primeiro jogo oficial realizado no Estádio do Dragão termina com um triunfo sobre a União de Leiria (2-1), na 21.ª jornada da I Liga.

08 de março de 2004 – Início da demolição do Estádio das Antas, que durou até ao derrube de uma das torres de iluminação localizadas na bancada sul, em 13 de outubro de 2021, num espaço ocupado atualmente por um condomínio residencial.

26 de maio de 2004 – O futebol sagra-se campeão pela segunda vez, ao conquistar a Liga dos Campeões frente aos franceses do Mónaco (3-0), em Gelsenkirchen, com golos de Carlos Alberto, Deco e Dmitri Alenichev, no sexto e último troféu da ‘era’ José Mourinho, que rumaria aos ingleses do Chelsea quase duas semanas depois.

30 de junho de 2004 – A FC Porto SAD regista o maior lucro de sempre, com 24,72 ME no exercício de 2003/04.

12 de dezembro de 2004 – O futebol volta a conquistar uma Taça Intercontinental em Tóquio, desta vez perante os colombianos do Once Caldas, no desempate por grandes penalidades (8-7, após 0-0 no final do prolongamento), com o espanhol Víctor Fernández no banco.

02 de dezembro de 2004 – A Polícia Judiciária (PJ) desloca-se a casa de Pinto da Costa com mandados de busca e detenção, no âmbito do processo Apito Dourado, mas o dirigente não está, pois teria sido alegadamente informado previamente da operação. Um dia depois, apresenta-se voluntariamente para interrogatório no Tribunal de Gondomar, saindo em liberdade em 07 de dezembro, mediante uma caução de 200 mil euros.

17 de junho de 2007 – Pinto da Costa é acusado formalmente do crime de corrupção de desportiva, no âmbito das investigações do processo Apito Dourado ao jogo entre FC Porto e Estrela da Amadora (2-0), em 24 de janeiro de 2004, da 19.ª jornada da I Liga de futebol. Quatro dias depois, recebe nova acusação por factos relacionados com o encontro dos ‘dragões’ frente ao Beira-Mar (0-0), em 18 de abril de 2004, da 31.ª ronda.

08 de maio de 2008 – A Comissão Disciplinar da LPFP suspende Pinto da Costa por dois anos e castiga a equipa de futebol com uma subtração de seis pontos, no âmbito do Apito Final, processo da justiça desportiva decorrente do Apito Dourado.

04 de abril de 2009 – Pinto da Costa é absolvido pelo Tribunal de Gaia da acusação de corrupção em relação ao jogo Beira-Mar-FC Porto, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do ‘caso do envelope’, decorrente do processo Apito Dourado.

23 de abril de 2009 – Inauguração do Dragão Arena, pavilhão das modalidades do clube, por ocasião do 27.º aniversário da primeira tomada de posse de Pinto da Costa.

10 de maio de 2009 – O futebol alcança o segundo tetracampeonato, conjugando um êxito rubricado pelo neerlandês Co Adriaanse e três sob orientação de Jesualdo Ferreira.

07 de agosto de 2010 – André Villas-Boas estreia-se no comando técnico da equipa de futebol com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira frente ao Benfica (2-0), em Aveiro, rumo ao 50.º troféu do ‘reinado’ presidencial.

03 de abril de 2011 – O FC Porto festeja a reconquista do cetro de campeão nacional de futebol num Estádio da Luz às escuras e com o sistema de rega do relvado ligado, após bater o Benfica (2-1), na 25.ª jornada da I Liga.

18 de maio de 2011 – O futebol chega ao sétimo e último êxito internacional, após vencer uma final 100% portuguesa da Liga Europa com o Sporting de Braga (1-0), em Dublin, numa temporada fechada com a conquista da Taça de Portugal (6-2 ao Vitória de Guimarães), que antecedeu a saída de André Villas-Boas para o Chelsea.

03 de junho de 2011 – O basquetebol sagra-se campeão nacional sete anos depois, ao triunfar na receção ao Benfica (86-76), no sétimo e último jogo da final dos play-offs.

04 de junho de 2011 – O hóquei em patins eterniza um decacampeonato sem precedentes, fruto de conquistas ininterruptas entre 2001/02 e 2010/11.

28 de setembro de 2013 – Inauguração do Museu do FC Porto em pleno dia do 120.º aniversário do clube.

11 de maio de 2013 – Kelvin marca no período de compensação e dita uma reviravolta vitoriosa na receção ao Benfica (2-1), da 29.ª e penúltima jornada da I Liga de 2012/13, que encaminharia o último tricampeonato do futebol.

23 de setembro de 2014 – Pinto da Costa é absolvido da acusação de corrupção em relação ao jogo FC Porto-Estrela da Amadora, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do processo Apito Dourado, pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

23 de maio de 2015 – O andebol arrebata um inédito sétimo título de campeão nacional consecutivo, ao vencer em casa o Sporting no quinto e último jogo da final (34-32, após dois prolongamentos), prolongando uma senda iniciada em 2008/09.

06 de dezembro de 2015 – O ciclismo é reativado em parceria com a Associação Calvário Várzea Clube De Ciclismo, dando origem à equipa W52-FC Porto, mais de 30 anos depois de ter deixado de competir no pelotão.

28 de maio de 2016 – No ano de regresso ao escalão principal, após três épocas nas divisões inferiores, o basquetebol derrota em casa o Benfica no quarto jogo da final dos play-offs (93-85) e alcança o 12.º e último cetro de campeão nacional.

08 de junho de 2017 – Sérgio Conceição assume o comando técnico do futebol, em substituição de Nuno Espírito Santo, regressando ao clube no qual terminou a sua formação e representou como sénior em duas fases (1996-1998 e 2004).

09 de junho de 2017 – A FC Porto SAD fica sob vigilância do regime de ‘fair play’ financeiro da UEFA, enfrentando retenção de prémios de participação nas competições europeias de futebol e limitação no número de jogadores inscritos.

17 de julho de 2017 – O Conselho de Justiça (CJ) da FPF absolve Pinto da Costa e o clube do alegado caso de corrupção em relação ao jogo Beira-Mar-FC Porto, da edição 2003/04 da I Liga de futebol, no âmbito do processo Apito Final, restituindo os seis pontos aos ‘dragões’ na tabela classificativa do campeonato conquistado em 2007/08.

05 de maio de 2018 – Um empate no dérbi lisboeta entre Sporting e Benfica (0-0), da 33.ª e penúltima jornada da I Liga, confirma o regresso do futebol aos títulos quatro épocas depois, findando o maior ‘jejum’ de troféus no ‘reinado’ no futebol, 

29 de abril de 2019 – A equipa de sub-19 conquista a UEFA Youth League de futebol, ao derrotar o Chelsea (3-1), em Nyon, no primeiro êxito de um clube português na prova.

09 de setembro de 2019 – O voleibol é reativado na vertente feminina, através de um protocolo com a Academia José Moreira (AJM).

07 de junho de 2020 – Pinto da Costa é reeleito para um 15.º mandato consecutivo, ao somar 68,65% dos votos, ficando à frente do jurista José Fernando Rio (26,44%) e do empresário e professor Nuno Lobo (4,91%), que voltaria a concorrer em 2024, nas primeiras eleições dos órgãos sociais do clube com mais do que uma candidatura desde 1991.

30 de junho de 2020 – A FC Porto SAD regista o maior prejuízo de sempre, com 116,8 ME no exercício de 2019/20.

19 de dezembro de 2021 – O hóquei em patins festeja uma inédita Taça Intercontinental em Alvalade frente ao Sporting (agregado de 11-9).

22 de abril de 2022 – Dez ciclistas da W52-FC Porto são constituídos arguidos, enquanto o diretor desportivo Nuno Ribeiro e o seu adjunto José Rodrigues são detidos no âmbito do processo Prova Limpa, que investiga o tráfico de substâncias e/ou métodos proibidos. Dominadora da modalidade a nível nacional nos seis anos anteriores, a equipa tinha vencido na estrada seis Voltas a Portugal consecutivas sob aquela designação, metade das quais posteriormente perdidas na secretaria.

07 de maio de 2022 – Um golo tardio de Zaidu derrota o Benfica (1-0), na 33. ª e penúltima jornada da I Liga, assegurando o 30.º e derradeiro título de campeão nacional do futebol.

29 de junho de 2022 – O hóquei em patins vence o 24.º e último título de campeão nacional e isola-se como recordista de conquistas da prova, ao bater em casa o Benfica (3-2), no quinto e decisivo jogo da final dos play-offs.

05 de julho de 2022 – O defesa central internacional angolano David Carmo estabelece a maior transferência de sempre entre clubes nacionais e da história ‘azul e branca’, após ter deixado o Sporting de Braga por 20,3 ME.

28 de julho de 2022 – O ciclismo suspende a parceria com a Associação Calvário Várzea Clube de Ciclismo, um dia depois da retirada da licença desportiva à W52-FC Porto pela União Ciclista Internacional (UCI).

06 de agosto de 2022 – A goleada na receção ao Marítimo (5-1), da primeira jornada da I Liga, assinala o jogo 2.000 do ‘reinado’ presidencial no futebol.

04 de outubro de 2022 – João Rodrigues, vencedor da Volta a Portugal de 2019 e da Volta ao Algarve de 2021, é suspenso por sete anos, enquanto outros seis ciclistas da W52-FC Porto recebem sanções de três anos da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), incluindo Rui Vinhas e Ricardo Mestre, vencedores da Volta a Portugal em 2016 e 2011, respetivamente, no âmbito da operação Prova Limpa.

24 de outubro de 2022 – A W52-FC Porto desiste de se constituir como equipa continental para a temporada 2023 e abandona o ciclismo ao fim de sete anos. 

11 de janeiro de 2023 – Sérgio Conceição isola-se como recordista de vitórias no comando do futebol, ao somar a 216.ª na receção ao Arouca (4-0), dos oitavos de final da Taça de Portugal, ultrapassando José Maria Pedroto.

13 de janeiro de 2023 – O Ministério Público (MP) acusa 26 arguidos, incluindo 10 ex-ciclistas da W52-FC Porto, o antigo diretor desportivo Nuno Ribeiro e o ‘patrão’ da equipa Adriano Teixeira de Sousa, mais conhecido como Adriano Quintanilha, de tráfico de substâncias e métodos proibidos, no âmbito da operação Prova Limpa.

28 de janeiro de 2023 – Sérgio Conceição suplanta Artur Jorge como treinador mais titulado da história do FC Porto no futebol, ao lograr o seu nono êxito na final da Taça da Liga frente ao Sporting (2-0), em Leiria. O clube completou o seu palmarés a nível interno, após quatro decisões perdidas naquela competição, ficando ineditamente na posse simultânea dos quatro principais troféus do futebol nacional.

29 de abril de 2023 – O voleibol feminino sagra-se tricampeão nacional e chega ao oitavo e último troféu na ‘era’ AJM/FC Porto.

07 de maio de 2023 – O hóquei em patins quebra um ‘jejum’ de 33 anos e conquista a Taça dos Campeões Europeus pela terceira vez, numa final 100% portuguesa disputada com o Valongo (5-1), em Viana do Castelo.

08 de maio de 2023 – Sérgio Conceição quebra o recorde de 322 jogos de José Maria Pedroto à frente do futebol com um triunfo em Arouca (1-0), para a 31.ª jornada da I Liga, apesar de estar a cumprir suspensão.

03 de junho de 2023 – O andebol sagra-se campeão nacional pela 24.ª e última vez, ao selar o ‘tetra’ na visita ao Madeira SAD (33-25), da 26.ª e última jornada.

04 de junho de 2023 – O futebol atinge a 84.ª e última conquista do ‘reinado’ presidencial e a 10.ª sob alçada de Sérgio Conceição, ao revalidar a Taça de Portugal frente ao Sporting de Braga (2-0), no Estádio Nacional, em Oeiras.

17 de julho de 2023 – O voleibol feminino termina um protocolo de quatro anos com a Academia José Moreira e passa a competir a solo.

22 de agosto de 2023 – O médio internacional português Otávio quebra o recorde de vendas da FC Porto SAD, ao assinar pelos sauditas do Al Nassr por 60 ME, verba correspondente à sua cláusula de rescisão.

29 de setembro de 2023 – O Tribunal de Instrução Criminal de Penafiel decide levar a julgamento todos os 26 arguidos do processo Prova Limpa, incluindo antigos dirigentes e ciclistas da extinta W52-FC Porto.

01 de outubro de 2023 – O hóquei em patins derrota os espanhóis do Voltregà (5-3) na final da Taça Continental e completa uma dezena de troféus internacionais.

29 de outubro de 2023 – O ‘reinado’ presidencial chega às 1.000 vitórias no futebol na visita ao Vizela (2-0), da nona jornada da I Liga.

06 de novembro de 2023 – Nuno Ribeiro, diretor desportivo da extinta equipa de ciclismo W52-FC Porto e um dos 26 arguidos do processo Prova Limpa, é suspenso por 25 anos pela ADoP, por tráfico, administração e posse de substâncias e métodos proibidos.

27 de abril de 2024 – André Villas-Boas vence as eleições mais concorridas de sempre do clube, ao somar 79,96% dos votos, destronando um ‘reinado’ de 15.344 dias de Pinto da Costa, segundo candidato mais votado, com 19,44%, com Nuno Lobo a ficar em terceiro, com 0,2%, entre um recorde de 26.876 votantes.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE