Conecte-se connosco

O Sexo e a Cidade

Condenado avança com Bandeira de Moreno

Publicado

em

É mais do que óbvio que O Sexo e a Cidade tem relações diplomáticas com o in circle de José Eduardo Simões, gente que joga nos dois lados do tabuleiro e  que nos conta tudo antes de acontecer, o que baralha as contas de JES, que não consegue descobrir a nossa fonte, que até é demasiado próxima.

Claro que temos novidades da recandidatura do Condenado candidato mais do que repetido  que de resto anunciamos antes de todos. Antes de mais, demais, vamos colocar o avental, porque o que podemos servir é inside information de carácter familiar, dados que não descodificamos porque o e-leitor é daqueles que não paga para ler. Daqui a 100 assinaturas colocamos legendas…

É certo que Clemente, Xavier e Martins deixam a  direcção. Que Serens sobe. Afinal Morgado não vai, mas não nos apetece dizer porquê, mas é mesmo porque não pode. Há Bandeira para credibilizar, fazendo o papel que foi de Oliveira, que continua depois do que nós sabemos. Preto continua a fiscalizar os vice especializados em insolvências. Ribeiro não entra na campanha, por causa da loja, sendo certo não é nenhuma dos  irmãos. Matos faz campanha, pago pela negra, a favor do senhor que serve e do que dá à luz.

E mais? Hoje há distribuição de flyers, na terça anuncia-se a recandidatura de JES 15 anos ao serviço da Briosa instituição.

E um destes dias podemos dizer o que une Emídio Guerreiro, o secretário de Estado do Desporto, a José Eduardo Simões e ao Presidente do Vitória de Guimarães, ex-estudante de Coimbra,  que  em conjunto com o seu (ex-)professor JES tem um projecto de poder para tomar conta da Liga de Futebol, num cenário de regras do jogo alteradas pela tutela, mas isso fica mesmo para depois, porque agora vamos ouvir a Orxestra Pitagórica.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade