Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Desporto

Conceição vinga-se dos de Olhão

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 25-11-2013

A Académica bateu hoje o Olhanense por 1-0, com golo de Magique, somando a segunda vitória seguida fora, no jogo que encerrou a 10.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

PUBLICIDADE

Numa partida muito fraca, a equipa de Sérgio Conceição foi a menos má em campo e acabou por festejar mais um triunfo longe de Coimbra, depois da vitória em Braga, na oitava ronda, graças a um golo do avançado marfinense, aos 18 minutos.

A Académica “saltou” para o 11.º lugar, com 11 pontos, enquanto o Olhanense desceu ao 14.º e antepenúltimo posto, com nove pontos.

Durante a primeira parte, o jogo não teve muitos momentos de interesse, à exceção do golo da Académica, na única jogada com princípio, meio e fim construída nesse período, acabando por justificar a situação de vantagem no final dos primeiros 45 minutos.

Uma ameaça de Femi, aos seis minutos, com um corte decisivo de Marcelo a tirar o remate ao extremo “algarvio”, e um “tiro” de Cleyton defendido por Belec, aos nove minutos, foram dois lances perigosos, ainda nos minutos iniciais.

O frio que se fez sentir no Estádio Algarve pareceu “congelar” as ideias das duas equipas, que protagonizaram um jogo pobre, com os algarvios a manifestarem um défice enorme na construção de jogo, enquanto os “estudantes” se mostravam mais tranquilos.

A Académica esteve uns “furos” acima dos algarvios e chegou ao golo aos 18 minutos: após boa combinação com Cleyton, Ivanildo isolou Magique com um passe que foi “meio golo” e o marfinense concluiu com sucesso na “cara” de Belec.

Paulo Alves apostou em Dionisi logo no reatamento e, mais tarde, colocou Bigazzi em jogo, mas as duas mexidas pouco trouxeram a um Olhanense muito “apagado”, que raramente criou perigo para a baliza de Ricardo.

A Académica, que somou dois remates para fora no arranque da segunda metade, por Makelele (47) e Marcelo (61), só “tremeu” quando, no último lance do encontro (90+4), o guardião Ricardo “salvou” o triunfo, ao defender um remate com “selo” de golo de Dionisi.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com