Mundo

Como será a vida da família McCann quase 16 anos depois?

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 31-03-2023

A família McCann vive uma dor muito grande desde 2007, ano em que desapareceu a filha mais velha de apenas dois anos. Kate e Gerry vivem numa angústia constante. 

PUBLICIDADE

“Kate McCann é uma mulher triste. O olhar vazio persegue-a […] Não quer explicar porque não fez o teste de ADN que poderia dizer se a polaca Julia Faustyna era ou não Madeleine, não quer falar do processo em que se procura a filha e diz que está tudo nas mãos dos investigadores ingleses”, constatou o Correio da Manhã numa visita a Leicester.

Com Gerry o discurso não é muito diferente. “Não falo”, repete.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Kate vive em exclusivo para os filhos mais novos e gémeos, Sean e Amelie. Tinham dois anos quando tudo aconteceu. Estariam os três no quarto, mas os mais novos estavam a dormir quando o rapto aconteceu. Ninguém sabe se têm memórias daquela noite.

PUBLICIDADE

Em Leicester, onde reside a família, as rotinas da mãe são marcadas pelos filhos, agora com 18 anos. Leva-os ao colégio e vai buscá-los, de acordo com o CM.

Gerry tem uma vida mais agitada. Dá aulas numa universidade e é médico num dos hospitais centrais. “Há dias em que faz turnos de 24 horas que levam a que não veja os filhos durante longos períodos”, lê-se na notícia.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE