Conecte-se connosco

Comissão Técnica Independente vai investigar fogos de outubro em janeiro

Publicado

em

A Comissão Técnica Independente (CTI) que investigou o incêndio de Pedrógão Grande aceitou analisar os incêndios florestais de outubro e começará o estudo em janeiro, disse à Lusa fonte parlamentar.

oliveira

A CTI terá a mesma composição da anterior, com 11 elementos, e será também presidida por João Guerreiro. Hoje, a conferência de líderes parlamentares agendou para o dia 7 de dezembro a votação do texto que formalizará a criação daquela comissão.

O texto será consensualizado entre todos os grupos parlamentares, disse o porta-voz da conferência de líderes, Duarte Pacheco.

O mandato da CTI terá a duração de um mês, acrescentou fonte parlamentar.

A proposta partiu do presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, sendo aceite por unanimidade. Ferro Rodrigues informou a conferência de líderes de que o professor João Guerreiro aceitou presidir à CTI, para estudar os incêndios de 15 de outubro, que atingiram 27 concelhos da região Centro, vitimando mortalmente 45 pessoas e provocando cerca de 70 feridos.

Os incêndios destruíram total ou parcialmente cerca de 800 habitações permanentes, quase 500 empresas e extensas áreas de floresta nos distritos de Aveiro, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Leiria e Viseu.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com