Conecte-se connosco

Universidade

Coimbra: Prémio Joaquim Chissano distingue Anabela Chambuca

Publicado

em

A Câmara de Comércio Portugal-Moçambique (CCPM) entrega na quarta-feira, na Universidade de Coimbra (UC), o Prémio Joaquim Chissano Alumni à moçambicana Anabela Chambuca, foi hoje anunciado.

A distinção com o nome do antigo presidente de Moçambique é concedida este ano pela primeira vez e tem como vencedora Anabela Chambuca, que em 2000 obteve a licenciatura pela Faculdade de Economia da UC.

Entre outras funções desempenhadas, a galardoada foi presidente do conselho de administração da Bolsa de Valores de Moçambique, entre 2012 e 2016, e depois diretora nacional do Gabinete de Gestão do Risco do Ministério da Economia e Finanças do seu país, até 2019.

Coicidindo com as comemorações do Dia Mundial da Língua Portuguesa, a cerimónia de entrega do Prémio Joaquim Chissano Alumni – Estudante Moçambicano em Portugal realiza-se na quarta-feira, às 10:30, na Sala do Senado da Universidade de Coimbra.

O prémio foi criado para distinguir anualmente um antigo aluno daquele país que tenha concluído os estudos em Portugal e “se tenha diferenciado nas áreas académica, do empreendedorismo, da causa pública ou da gestão em Moçambique”, segundo um comunicado da Divisão de Comunicação da Reitoria da UC.

Participam na cerimónia o presidente da CCPM, Rui Moreira de Carvalho, o cônsul geral de Moçambique em Portugal, Agostinho Milton, e o reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão.

Na ocasião, é também atribuída a menção honrosa do Prémio Chissano a Leonel Tomo, antigo estudante da Faculdade de Economia da UC “com ampla experiência na área financeira e na docência” em Moçambique.

O programa inclui ainda a entrega, à Associação Cuidados Paliativos em Moçambique, do Prémio Maria das Neves Rebelo de Sousa, com que a CCPM homenageia a mãe do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pelas “causas de natureza humanitária e social” em que se envolveu em Moçambique, de 1967 a 1970, quando o marido, Baltazar Rebelo de Sousa, exercia o cargo de governador geral da antiga colónia portuguesa.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com