Conecte-se connosco

Cidade

Coimbra participa em projeto europeu de cocriação de serviços públicos

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, assinou, no passado dia 20 de maio, uma Carta de Intenções, na qual manifesta o interesse da autarquia em integrar, numa parceria com o Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra, uma candidatura ao projeto europeu Co-Creation of Public Services – COPUS, no âmbito do programa quadro Horizonte 2020 – Programa-Quadro Comunitário de Investigação & Inovação.

O projeto COPUS visa desenvolver uma plataforma informática multifacetada que deverá melhorar substancialmente a inclusão, personalização e impacto dos serviços sociais. Esta plataforma pretende potenciar o trabalho e a coordenação entre os prestadores de serviços locais e os cuidadores formais e informais, contribuindo para uma melhoria na qualidade de vida dos seus beneficiários. O projeto conta com um orçamento global de 2,9 milhões de euros, sendo o orçamento do working package de Coimbra de cerca de 375.000 euros, valor que, no caso de vir a ser atribuído, será gerido pelo CES.

O projeto Co-Creation of Public Services – COPUS conta, além da Câmara Municipal de Coimbra, com as seguintes entidades parceiras: Cambridgeshire County Council, Municipality of The Hague, Brunel University London, Delft University of Technology, CES e One Source, Consultoria Informática, Lda.

A proposta de Coimbra visa combater o isolamento das pessoas idosas e melhorar a qualidade de vida destas, garantindo um acompanhamento contínuo e articulado com as respostas sociais existentes. É uma proposta orientada para a organização de cuidados aos idosos isolados, a partir de uma plataforma informática cujos utilizadores são, sobretudo, os cuidadores formais e os prestadores de serviços sociais, podendo também incluir os cuidadores informais e os familiares. 

Ao associar-se a esta parceria europeia, e caso este projeto seja aprovado, a autarquia espera ver desenvolvido um instrumento inovador na área social que permitirá uma maior coordenação da intervenção social no município (na área dos idosos), potenciando os recursos existentes e a melhoria da qualidade de serviços.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link