Cidade

Coimbra na rota da alegada rede de corrupção dos Vistos Gold

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 13-11-2014
De pólo acastanhado, António Figueiredo, na companhia de outros apoiantes de António Costa (não relacionados com o caso que noticiamos), aguarda à entrada do Pavilhão Centro de Portugal por aquele que viria a vencer as primárias do PS

De pólo acastanhado, António Figueiredo, na companhia de outros apoiantes de António Costa (não relacionados com o caso que noticiamos), aguarda à entrada do Pavilhão Centro de Portugal por aquele que viria a vencer as primárias do PS

As principais figuras detidas no âmbito da operação desencadeada pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção  Polícia Judiciária  sobre o alegado esquema de corrupção relacionada com concessão dos denominados Vistos Golg têm ligações a Coimbra.

PUBLICIDADE

António Figueiredo,  Presidente do Instituto dos Registos e Notariado (IRN), reside em Coimbra, onde foi advogado (partilhou escritório com Luciano Oliveira, antigo nº 2 do SIS, que entretanto saiu para Macau)  e director de informação da Rádio Actividade, que depois deu origem à 90 FM, da Beirastexto, empresa que foi proprietária do diário As Beiras.

António, que  nos últimos 10 anos tem ocupado cargos na estrutura do Estado tanto com governos do PS como do PSD/CDS, é amigo pessoal de Miguel Macedo, Ministro da Administração Interna (Licenciado em Coimbra), governante que também pode estar a ser alvo de investigação.

PUBLICIDADE

publicidade

O líder do IRN foi visto recentemente numa sessão da candidatura de António Costa a “Primeiro Ministro”, tendo feito questão de saudar o futuro Secretário geral do PS à entrada do Pavilhão Centro de Portugal.

Ana Figueiredo, filha do presidente do IRN, é uma das 6 sócias de empresa Golden Vista Europe, uma imobiliária ligada a investidores da China, país de onde vieram grande parte dos cidadãos estrangeiros que efectuaram aquisições de imóveis em Portugal.

PUBLICIDADE

Manuel Jarmela Palos, Director do Serviço de Estrangeiros (SEF), natural do Sabugal,chefiou a delegação da entidade na região Centro, entidade que tem sede em Coimbra.

Maria Anes, a Secretária Geral do Ministério da Justiça também foi detida no âmbito desta investigação e que já trabalhou no IRN, chegou a ser adjunta de Aguiar Branco, quando o actual Ministro da Defesa tinha a pasta da Justiça.

A Procuradoria-Geral da República já  tornou  público que no  âmbito de um inquérito em investigação no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), estão em curso várias diligências, designadamente seis dezenas de buscas em diversos pontos do país, tendo sido emitidos mandados de detenção e detidas 11 pessoas.

Neste inquérito investigam-se, entre outras, matérias relacionadas com a atribuição de  vistos gold.  Estão em causa suspeitas de crimes de corrupção, tráfico de influências, peculato e  branqueamento de capitais.

Nesta investigação, o Ministério Público é coadjuvado pela Unidade Nacional de Combate  à Corrupção (UNCC) da Polícia Judiciária (PJ

Em actualização

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE