Conecte-se connosco

Economia

Coimbra: Governo realça que taxa de vacinação pode alavancar competitividade no turismo

Publicado

em

A elevada taxa de vacinação em Portugal pode permitir ao turismo “alavancar” a sua competitividade a nível internacional, afirmou hoje a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

“Portugal tem uma taxa de vacinação das mais elevadas do mundo e é importante – entendemos nós – alavancar a nossa competitividade também nesse fator distintivo”, afirmou Rita Marques, que discursava na Conferência Dia Mundial do Turismo, promovida pela Confederação do Turismo de Portugal (CTP), que decorre em Coimbra.

A membro do Governo realçou que tem “havido uma preocupação de continuar a trabalhar o tema da segurança sanitária”, anunciando que está pronta para ser lançada “uma campanha nacional e internacional para estímulo à adoção de comportamentos seguros”, por forma a “reforçar o posicionamento de Portugal” também nessa área.

Durante o discurso, no qual abordou várias das medidas de apoio à recuperação do setor, Rita Marques realçou também que há 23 mil aderentes no país ao selo “Clean and Safe”.

Antes da sua intervenção, também António Brochado Correia, da consultora PwC, realçou que Portugal “tem hoje uma oportunidade” de se posicionar no mercado global face à taxa de vacinação elevada no país.

“A curto e a médio prazo o país pode aproveitar o bom trabalho que fez nesta área e captar mais turismo”, notou, salientando que a saúde passou a ser uma área muito valorizada pelos turistas.

Na sua apresentação, intitulada “Estado do Turismo”, António Brochado Correia realçou que o turismo levou “uma pancada forte” com a pandemia, sendo apenas expectável que a Europa regresse aos níveis de volume comparáveis com 2019 “apenas em 2024”.

Em entrevista à Lusa no sábado, o presidente da CTP, Francisco Calheiros também tinha destacado o sucesso do processo de vacinação em Portugal, que tem um impacto “enorme” no turismo.

“Sendo nós, neste momento, um destino extraordinariamente seguro, não há razão nenhuma para que não comecemos a retomar já em 2022 o crescimento [do setor] e todos esperamos que em 2023 consigamos atingir os números de 2019, sem nunca esquecer que os anos 2017, 2018 e 2019 foram anos extraordinários, talvez os melhores anos do turismo português”, afirmou na entrevista.

A Conferência Dia Mundial do Turismo, organizada pela Confederação do Turismo de Portugal, decorre na Antiga Igreja do Convento São Francisco, em Coimbra.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade