Conecte-se connosco

Lazer

“Coimbra Dança” na Baixa. Veja o programa

Publicado

em

 O Festival “Coimbra Dança” conta com 12 escolas de dança e uma bailarina que vão “partilhar o seu saber”, com diversas atividades, na Baixa da cidade de Coimbra, designadamente com ‘workshops’ para todas as idades.

O festival decorre de 23 a 25 de setembro e de 30 de setembro a 02 de outubro, em vários espaços da Baixa de Coimbra.

“A cidade de Coimbra vai, no fundo, ter o privilégio de ter algumas escolas de dança que vão partilhar o seu saber, vão partilhar a sua dança”, disse hoje na sessão de apresentação do festival Coimbra Dança, no Restaurante Bar Luca, na Praça do Comércio, a presidente da Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), Assunção Ataíde.

De acordo com a organização, todos os interessados podem participar no evento, não sendo necessário inscrição.

Serão dias “repletos de atividades que passam desde exibições de rua”, a um espetáculo de dança, baile de tango, baile de folk e uma festa afro-latina, explicou a organizadora do evento e também dançarina, Andreia Rodrigues.

Na sexta-feira, o público terá a oportunidade de participar no ‘workshop’ “danças do mundo” e assistir ao baile de folk.

“É um evento pensado no público em geral e no público dançante”, frisou Andreia Rodrigues.

No sábado, está prevista uma exibição de tango e fado, na Rua Ferreira Borges, com Luís Travassos e a escola Barrio Tango.

No mesmo dia, estão previstos ‘workshops’ em vários espaços da cidade, de “Corpo e Movimento”, “Dança Contemporânea”, “Danças de Salão”, “Tango Argentino” e ainda um baile de tango, ao final da tarde.

No domingo, vai haver um espetáculo de dança, na Praça do Comércio.

No dia 30, o programa inclui exibições de rua no Arco de Almedina, na Praça 8 de Maio, na Rua da Sofia e na Rua Ferreira Borges, estando previsto para 01 de outubro ‘workshops’ de “Danças Orientais”, “Samba no pé”, “Salsa em Linha on 1”, “Bachata”, “Salsa Cubana”, terminando o dia com uma festa afro-latina.

No último dia, 02 de outubro, a iniciativa conta com mais ‘workshops’ de “Dança Jazz”, “Contacto-Improvisação”, “Samba de Gafieira”, “Farró” e “Chacarera”.

A ideia é “dar a conhecer” ao público alguns espaços da cidade e em simultâneo promover a Baixa de Coimbra e o comércio local.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade