Conecte-se connosco

Coimbra

Coimbra contrata mais motoristas para os SMTUC e apoia Bombeiros Voluntários (com vídeos)

Publicado

em

A Câmara Municipal de Coimbra formalizou esta tarde, no Convento São Francisco, a celebração de 34 contratos de trabalho em funções públicas por tempo indeterminado de assistentes operacionais para as funções de motorista dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) e concedeu apoios às Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Coimbra e de Brasfemes.

O concurso para a admissão de 29 novos motoristas, publicado em abril, está a avançar e está concluída a primeira análise às candidaturas formalizadas. No total foram contratados mais 34 motoristas, já que como a autarquia explicou, era “necessário reforçar” e recorreram deste modo à reserva.

Quando este procedimento estiver concluído, a autarquia terá admitido 93 trabalhadores para a função de motorista de transportes coletivos de passageiros desde 2018.

“Foi muito importante a contratação de motoristas para os SMTUC, como é sabido é uma área muito difícil, nós renovámos a frota durante este tempo, com veículos elétricos, com novos autocarros e precisamos de reforço dos efetivos operacionais dos SMTUC”, explicou o presidente da autarquia, Manuel Machado.

Manuel Machado clarificou que este reforço era “necessário para garantir o bom funcionamento das carreiras que foram criadas e expandidas”, depois de, em dezembro de 2019, os SMTUC terem chegado à zona sul do concelho, passando a servir mais povoações nas freguesias de Almalaguês, Antanhol, Assafarge, Ceira, Cernache e Torres do Mondego e reforçando ainda o serviço em São Martinho do Bispo, os transportes públicos municipais chegaram, a partir do passado dia 1 de abril, às freguesias da zona norte, designadamente Brasfemes, Souselas e Botão, sendo ainda reforçada nas freguesias de Eiras, São Paulo de Frades, Trouxemil e Torre de Vilela, “beneficiando mais de 20 mil habitantes”.

O executivo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra celebrou também, nesta cerimónia, a proposta para o financiamento da atividade das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários (AHBV) de Coimbra e de Brasfemes, que havia sido aprovada na última reunião de Câmara.

“A Câmara paga mais uma equipa de intervenção permanente dos Bombeiros Voluntários de Coimbra e o mesmo para os Bombeiros Voluntários de Brasfemes, além de conceder o apoio financeiro para que os nossos bombeiros voluntários estejam apetrechados, equipados e confortáveis de modo a que nas missões de socorro ajam pronta e eficazmente”, acrescentou o líder da autarquia de Coimbra.

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Coimbra terá direito a um apoio de 40.969,94 euros, enquanto a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Brasfemes terá direito a um apoio de 59.030,06 euros, informou a autarquia.

Pode ver na íntegra a cerimónia através do vídeo do direto NDC:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade