Conecte-se connosco

Coimbra

Coimbra Cidade Europeia do Desporto?

Publicado

em

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vai apreciar e votar a candidatura de Coimbra a Cidade Europeia do Desporto em 2017  e destaca, desde logo,  como pontos fortes do seu projecto “o conjunto de infraestruturas que a cidade dispõe nesta área, como é o caso dos estádios municipais Cidade de Coimbra e de Taveiro, do Estádio Universitário, do Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia, do Centro Olímpico de Piscinas Municipais, de mais três complexos de piscinas municipais, de vários pavilhões e de um Centro de Desportos Náuticos”. 

coimbra cidade desporto

A autarquia de Coimbra, que também quer ser Capital Europeia da Juventude, entende salientar “que as potencialidades de Coimbra ao nível desportivo foram, como sabe, recentemente reconhecidas, tendo-lhe sido confiada a realização dos Jogos Europeus Universitários em 2018”.

No entanto, a CMC, Universidade de Coimbra, AAC e Federação Académica do Desporto Universitário ainda não encontraram a fórmula certa para a organização funcionar em pleno e são públicas as divergências em relação a diversas questões, nomeadamente no que diz respeito ao apoio Governo, estando por apurar quem vai financiar a requalificação de recintos  que não oferecem as melhores condições desportivas.

Anualmente, a Federação Europeia das Capitais e Cidades do Desporto (ACES) elege uma capital europeia do desporto e, no máximo, 20 cidades europeias do desporto, sendo que cada país tem, no máximo, duas cidades. Além do incentivo à vertente competitiva, esta iniciativa promove o desporto informal e estilos de vida saudáveis. Em Portugal, Guimarães foi a primeira cidade europeia do desporto, em 2013, e, em 2014, o estatuto foi atribuído ao município da Maia.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link