Cidade

Coimbra Capital Europeia da Cultura em 2027?!

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 14-05-2017

Jaime Ramos jantou com estudantes universitários durante a Queima das Fitas.

PUBLICIDADE

unnamed (4)

PUBLICIDADE

Este momento no restaurante Cantinho dos Reis foi aproveitado pelo candidato do PSD/CDS/PPM/MPT para anunciar “a criação de um Orçamento Participativo para projectos propostos e escolhidos pelas pessoas ”  e “que Coimbra deve ser candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027, ano previsto para uma cidade portuguesa voltar a ser escolhida”.

PUBLICIDADE

publicidade


Para Jaime Ramos, este orçamento,” que terá alguns aspectos únicos, será uma forma de distribuição de verbas onde cada uma das pessoas terá uma palavra a dizer sobre onde esse dinheiro será aplicado.Todos os cidadãos terão direito de voto. Os maiores de 16 anos poderão fazê-lo directamente e os menores serão representados pelos pais”.


Para facilitar e aumentar os níveis e participação, o voto poderá ser exercido de várias formas: voto presencial, por SMS gratuito ou através de plataforma digital criada para o feito, adianta Jaime Ramos.

PUBLICIDADE

O  candidato recordou “o disparate do Brexit onde eram os mais jovens e aqueles que mais pensam no futuro que queriam ficar mas foi o voto duma sociedade envelhecida e ludibriada por populismos bacocos que ditou a surpresa”.

unnamed (5)


Segundo a candidatura, “os jovens presentes além de expressarem algumas preocupações sobre o seu futuro e uma enorme vontade de por cá ficarem, assim hajam condições, ainda tiveram oportunidade para ouvirem o candidato Mais Coimbra defender a rentabilização da nomeação de Coimbra a Património da Humanidade, coisa que não tem sido feita, provavelmente, não por falta de vontade mas sim de incapacidade para o fazer”.


Coimbra, na opinião de Jaime Ramos, deve, desde já, assumir-se como candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027, ano previsto para uma cidade portuguesa voltar a ser escolhida.


Com o Brexit, e com a saída das candidaturas da suas cidades a capitais europeias, temos ainda a oportunidade para antecipar essa data para 2023 e temos de ter a ambição de o conseguir, salienta Jaime Ramos, antes de afirmar que “Capital Europeia da Cultura, é um objectivo mas não um final”.


Este desígnio tem de ser, segundo o candidato, já assumido e iniciar-se os preparativos da candidatura envolvendo todos os agentes locais ligados à cultura a começar pela Universidade. As oportunidades também se criam.

Recordamos Coimbra foi Capital Nacional da Cultura em 2003, ano em que o PSD/CDS/PPM detinham o poder municipal.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com