Conecte-se connosco

Coimbra

Coimbra candidata a fundos europeus restauro das igrejas de São Bartolomeu e de São Salvador 

Publicado

em

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra candidatou a fundos europeus do Centro 2020 as obras de conservação e restauro da Igreja de São Bartolomeu e da Igreja de São Salvador. A autarquia já lançou os dois concursos públicos, no dia 30 de abril, e o objetivo passa por proteger, valorizar, conservar e promover o património histórico, cultural e religioso de elevado interesse turístico, aumentar a atratividade de Coimbra e da região enquanto nova oferta ligada aos valores patrimoniais e captar públicos regionais, nacionais e internacionais. Estes dois assuntos fazem parte da agenda da reunião de Câmara de segunda-feira.

A CM Coimbra vai fazer obras de conservação e restauro nas igrejas de São Bartolomeu e de São Salvador, tendo já candidatado as empreitadas aos fundos comunitários do Centro 2020.

A operação da Igreja de São Bartolomeu visa a conservação e restauro das coberturas, bem como a realização de outros trabalhos indispensáveis, nomeadamente nos paramentos exteriores dos alçados da igreja e no património móvel integrado. Serão recuperados os vãos exteriores, porta principal e laterais, o pequeno átrio abobadado exterior e o varandim que dão acesso à via pública e o conjunto de janelas que iluminam a nave principal da igreja, situadas ao nível do coro alto e fachadas laterais.

O objetivo desta operação passa por proteger, valorizar, conservar e promover o património histórico, cultural e religioso de elevado interesse turístico (em particular o que é já Património Mundial da Humanidade, reconhecido pela UNESCO), aumentar a atratividade de Coimbra e da região Centro enquanto nova oferta ligada aos valores patrimoniais e captar públicos regionais, nacionais e internacionais. O projeto da empreitada já foi aprovado e o concurso público foi lançado no passado dia 30 de abril, com um preço base de 662.268,95 euros (IVA incluído) e um prazo de execução de 18 meses.

Relativamente à Igreja de São Salvador, a operação prevê a reparação da cobertura e revisão do sistema de drenagem de águas pluviais para eliminar patologias, a reparação de fachadas exteriores e interiores – incluindo rebocos, limpeza e conservação de elementos pétreos e pinturas com recurso a materiais idênticos –, e a execução de trabalhos específicos de conservação e restauro de elementos notáveis da construção, tais como revestimentos azulejares, túmulo em pedra na capela lateral e outros elementos em madeira. O objetivo desta operação passa por melhorar o nível de estado de conservação da Igreja de São Salvador, de forma a possibilitar a sua utilização. O projeto da empreitada já foi aprovado e o concurso público foi lançado no passado dia 30 de abril, com um preço base de 500.418,92 euros (IVA incluído) e um prazo de execução de 18 meses. 

As duas candidaturas são apresentadas no âmbito da prioridade “Investimento na conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do Património Cultural”, prevista no eixo prioritário 7 – Afirmar a sustentabilidade dos territórios (CONSERVAR) do Centro 2020. A operação da Igreja de São Bartolomeu tem um investimento total e elegível de 695.382,40 euros (IVA incluído), prevendo-se uma comparticipação de 85% por parte do FEDER, no valor de 591.075,04 euros (IVA incluído). Já a operação da Igreja de São Salvador tem um investimento total e elegível de 500.418,92 euros (IVA incluído) e deverá igualmente ser comparticipada em 85% pelo FEDER, o que perfaz um valor de 446.623,89 euros (IVA incluído). 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com