Conecte-se connosco

Lazer

Coimbra: Bonifrates adapta ao teatro “As intermitências da morte”

Publicado

em

 A Cooperativa Bonifrates estreia, a 14 de fevereiro, em Coimbra, a peça de teatro “As intermitências da morte”, baseada no romance de José Saramago, anunciou hoje aquela companhia.

Com adaptação teatral de João Maria André e encenação de João Paulo Janicas, o espetáculo, financiado pela Câmara de Coimbra, estará no palco do Teatro Estúdio Bonifrates (Casa Municipal da Cultura), a 14, 16, 22, 24 e 28 de fevereiro, sempre às 21:30, afirmou a companhia, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

“Em ‘As intermitências da morte’, Saramago apresenta-nos um impreciso país em que a morte deixa de matar. Obviamente, as estruturas da sociedade, da economia, de toda a cultura são abaladas e têm de enfrentar a inédita situação”, afirmou o encenador da peça, citado na nota de imprensa.

Segundo João Paulo Janicas, “a encenação é atravessada por estas ideias fortes: a realidade, a aparência, a metamorfose – isso que a televisão se especializou em servir-nos em tela e tapume, como a luz aos prisioneiros na caverna de Platão”.

A peça conta com cenografia de José Tavares, figurinos de Cristina Janicas, desenho de luz e vídeo de Nuno Patinho, cartaz de Ana Biscaia e fotografias de Tiago Mota, além de um elenco constituído por Alexandra Silva, Beatriz Ferreira, Carla Mariana Pinto, Cristina Janicas, Francisco Paz, João Maria André, João Damasceno, José Castela, José Manuel Carvalho, Maria José Almeida, Maria Manuel Almeida, Mariana Abrunheiro, Paula Santos, Rui Almeida e Vítor Carvalho

A temporada da peça será acompanhada de um conjunto de atividades paralelas, como um ciclo de filmes sobre o tempo e a morte, uma “jornada” sobre o teatro de Saramago e uma conferência sobre a arte e a morte.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com