Conecte-se connosco

Coimbra

Coimbra avança com primeira fase do relançamento da Ecovia

Publicado

em

O município de Coimbra aprovou hoje o relançamento da primeira fase do sistema de transporte “Ecovia”, dedicado ao estacionamento de viatura própria e transporte de pessoas para o centro da cidade de Coimbra, servido por parques periféricos.

O executivo do socialista Manuel Machado retoma assim um projeto desenvolvido, de forma pioneira em Portugal e na península Ibérica, na década de 90 pelo mesmo autarca, mas posteriormente abandonado, que será agora servido por autocarros 100% elétricos dedicados ao transporte das pessoas para o centro da cidade.

“Vai funcionar dentro de muito pouco tempo, estando já compradas as viaturas necessárias para o serviço, que associa o transporte de pessoas ao aparcamento automóvel”, adiantou o autarca aos jornalistas, no final da sessão de Câmara de hoje, referindo que falta apenas instalar o dispositivo de controlo.

Os sete parques associados ao sistema “Ecovia” vão localizar-se junto às principais vias de acesso da cidade, de forma a abranger a maioria dos movimentos pendulares, situando-se na Praça Heróis do Ultramar (subterrâneo), no Vale das Flores (junto à Oficina Municipal de Teatro), na margem direita do Parque Verde do Mondego (Ínsua dos Bentos), na ponta norte das avenidas de Conímbriga e Guarda Inglesa, na Casa do Sal e no Choupal (junto à N111-1).

“O objetivo é propiciar aos cidadãos a mobilidade urbana em condições adequadas e confortáveis, ao mesmo tempo com aparcamento automóvel”, salientou o presidente da Câmara de Coimbra.

Além da comodidade para o cidadão, Manuel Machado pretende atrair os automóveis particulares a zonas periféricas onde o estacionamento é possível e depois o transporte para as pessoas se deslocaram para o trabalho ou em turismo.

Segundo o autarca, o preço de 2,60 euros para títulos individuais com validade diária (duas deslocações e estacionamento) ou de 35 euros para um passe mensal “é contido, justo e equilibrado, com a oferta a ser feita com veículos elétricos, de última geração”.

Para o presidente da Câmara, este sistema de transporte “protege o centro histórico e a parte central da cidade da poluição” automóvel.

A “Ecovia” vai funcionar em articulação com o Serviço Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) e o futuro sistema de ‘metrobus’ para “não haver concorrência desleal e existir compatibilidade de carreiras e serviços públicos”.

Inicialmente, segundo Manuel Machado, vai funcionar com cinco linhas, com os parques a serem abertos de acordo com a atratividade da procura.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com