Conecte-se connosco

Coimbra

Coimbra aprova orçamento de 26,6 milhões para serviço transportes urbanos

Publicado

em

A Câmara Municipal de Coimbra aprovou hoje o orçamento dos Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) para 2022, no valor de 26,6 milhões de euros.

As Grandes Opções do Plano (GOP) e o orçamento dos SMTUC para 2022 foram aprovados por maioria, em reunião extraordinária do executivo que decorreu ao final da tarde, contando com cinco abstenções: quatro do PS e uma da CDU.

“Sendo o orçamento dos SMTUC parco e comprometido, preparar e apetrechar os SMTUC para servirem bem todas as populações, é um desafio que requererá a participação ativa de todos”, sublinhou a vereadora da Câmara Municipal de Coimbra e presidente do Conselho de Administração dos SMTUC, Ana Bastos.

Ao longo da sua intervenção, Ana Bastos explicou que apesar das grandes dificuldades económicas que os SMTUC enfrentam, a opção estratégica assenta na manutenção do tarifário em todos os títulos e modalidades de pagamento, comparativamente a 2021, reforçando a política de promoção do uso dos transportes públicos em detrimento do veículo individual”.

“Será ainda mantido o transporte escolar gratuito a todos os alunos da rede pública, até ao 12º ano de escolaridade, num investimento superior a 4 milhões de euros. No estrito cumprimento da lei, está a ser concedido o acesso ao Passe de Antigo Combatente”, acrescentou.

Em termos de investimentos, a aposta é feita em “quatro áreas principais, com um Plano Plurianual de Investimento que ascende a cerca de € 10 milhões”.

“A reorganização e melhoria do funcionamento das oficinas, a renovação da frota, as novas tecnologias e a melhoria das instalações iniciam-se em 2022, mas terão tempos diferentes para a sua finalização”, esclareceu.

Em relação à renovação da frota, Ana Bastos informa que se prevê a entrada ao serviço, a curto prazo, de cinco viaturas elétricas, adquiridas no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência para o Uso dos Recursos – POSEUR, num investimento de 2,3 milhões de euros.

“Foi ainda recentemente submetida uma candidatura à 3ª chamada do POSEUR, para aquisição de 10 autocarros e 12 miniautocarros movidos a energia limpa, num investimento global no valor de cerca de 8,5 milhões de euros, com o intuito de substituir as viaturas antigas e que assumem impactos negativos em termos de emissões ambientais e de consumo de combustível”, referiu.

Segundo a presidente do Conselho de Administração dos SMTUC, “a frota é, ainda assim, insuficiente para dar resposta ao serviço oferecido, pelo que o orçamento para 2022 prevê a dotação de mais quase 800 mil euros para novas aquisições”.

A nível tecnológico, 2022 será “o ano da entrada ao serviço um conjunto de plataformas e serviços à distância”, com o Sistema de Informação em Tempo Real a ser alargado a outras paragens, “o que irá obrigar à aquisição de novos painéis informativos no valor de cerca de 206 mil euros.”

“A breve trecho, será também oferecida a plataforma internacional Movit, que permitirá aos utilizadores acederem à distância aos horários, em tempo real, assim como planear as viagens. O sistema de bilhética integrada e multimodal encontra-se em fase final de desenvolvimento e de instalação”, revelou.

Em relação ao estacionamento, após um período de sensibilização e de informação junto dos automobilistas, Ana Bastos frisa que “vai iniciar-se uma intensificação da fiscalização do estacionamento tarifado, enquanto medida dissuasora à transgressão e ao controlo da procura, o que vai contribuir para aumentar a fonte de receitas dos SMTUC, enquanto entidade responsável pela exploração do sistema”.

Para o corrente ano, está ainda previsto “o início de várias intervenções nas instalações dos SMTUC”, totalizando um investimento de 705 mil euros, bem como a reformulação do sistema Ecovia.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link