Cidade

Coentrão, Postiga, Varela, Neto e Josué novidades no 11 tuga

Notícias de Coimbra | 11 anos atrás em 15-10-2013

Os defesas Fábio Coentrão e Neto, o médio Josué e os avançados Varela e Hélder Postiga são as novidades no “onze” de Portugal face ao Luxemburgo, no último do Grupo F de apuramento para o Mundial2014 de futebol.

PUBLICIDADE

Fábio Coentrão e Hélder Postiga, que substituem Antunes e Hugo Almeida, regressam depois de sexta-feira terem cumprido castigo face a Israel (1-1), Neto e Varela foram os eleitos para substituir os suspensos Pepe e Cristiano Ronaldo, enquanto Josué estreia-se como titular, em vez de Ruben Micael.

No Estádio Cidade de Coimbra, a partir das 18:00, Portugal vai jogar no “4-3-3” habitual, com Rui Patrício na baliza e uma defesa composta por André Almeida, Ricardo Costa, Neto e Fábio Coentrão.

PUBLICIDADE

Em relação ao meio-campo, jogam Miguel Veloso, João Moutinho e o estreante Josué, enquanto Nani, único sobrevivente do trio da frente, vai ter a companhia de Varela e Hélder Postiga, melhor marcador luso na fase de qualificação, com cinco golos.

Além de Pepe e Cristiano Ronaldo, Paulo Bento não pode contar com mais três habituais titulares, todos lesionados, o defesa direito João Pereira, o central Bruno Alves e o médio Raul Meireles.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

No banco, o selecionador luso conta com dos jogadores que nunca representaram a seleção “AA”, o guarda-redes Anthony Lopes e o extremo Bruma, sendo que Cedric, também em “branco”, e Nelson Oliveira não entraram nas escolhas para o jogo.

A formação lusa precisa de empatar para só depender de si para garantir a presença nos “play-offs”, sendo que só uma goleada pode valer o apuramento direto, mas, ainda assim, aliada a uma derrota da líder Rússia no Azerbaijão.

Após nove jogos, os russos contam 21 pontos e um registo positivo de 15 golos (19-4), enquanto Portugal, que já assegurou o segundo lugar, soma 18 pontos e “mais” oito tentos (17-9).

Nas anteriores seis receções aos luxemburgueses, a formação das “quinas” conquistou outras tantas vitórias, com 23 golos marcados e nenhum sofrido.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE