Conecte-se connosco

Região

Circo Marimbondo retoma atividades na Lousã com apresentação de livro infantil

Publicado

em

O Museu do Circo da Lousã vai retomar a atividade regular, no dia 16, com a apresentação de um livro infantil a partir do qual a companhia Marimbondo montou também um espetáculo de circo.

Após mais de um ano de sucessivas restrições ditadas pela pandemia da covid-19, os artistas circenses Eva Cabral e Detlef Schaff procuram regressar à normalidade possível, com um programa cultural que inclui o lançamento da obra bilingue “Anton, o rato do circo”.

“Estamos muito satisfeitos por poder abrir portas outra vez. Temos uma certa esperança de que vamos continuar com um projeto que consideramos bastante válido”, afirmou hoje Detlef Schaff à agência Lusa.

Radicado em Portugal há mais de 30 anos, o artista alemão realçou que tanto os membros da companhia Marimbondo como os frequentadores habituais do Momo – Museu do Circo “estão loucos para voltar” a este espaço cultural, que há dois anos começou a funcionar na antiga Escola de Foz de Arouce, com apoio da Câmara Municipal da Lousã.

O conto “Anton, o rato do circo” foi escrito por Detlef, em 2004, e posteriormente ilustrado pelo seu compatriota Thomas Metzger, tendo a retroversão em inglês cabido a José Henrique Neto.

Eva Cabral, artista residente dos Marimbondo, com sede em Vale de Sancho, arredores da vila da Lousã, no distrito de Coimbra, concebeu a dramaturgia e adaptou a obra ao teatro.

No dia 16, às 16:30, no Momo, será também inaugurada uma exposição com os desenhos originais de Thomas Metzger para o livro.

Às 18:00, o grupo de teatro de Leiria “O Nariz” apresenta a peça “O Principezinho” no jardim do Museu do Circo, com lugares em número limitado e reserva necessária devido à atual situação sanitária.

A publicação do livro integra um projeto da Associação Cultural Marimbondo, apoiado pela Direção-Geral das Artes (DGArtes) e que abrange 16 espetáculos para crianças de turmas do primeiro ciclo, já realizados no âmbito da Semana do Livro e da Leitura, em abril, na Lousã.

“Anton vive com a sua família na quinta do senhor Pepino”. Um dia, “curioso com a debulhadora, acaba por ser prensado num fardo de palha que é vendido ao Circo Pimpinelli. Aí conhece Pipo, o palhaço que faz bolas de sabão e juntos inventam um extraordinário número de circo”, segundo a sinopse.

O conto ilustrado foi distribuído aos alunos “para que possa haver um trabalho de leitura por parte dos docentes”, explicou Detlef Schafft, admitindo que o espetáculo venha a ser reposto pela companhia “noutras circunstâncias”, depois da apresentação do livro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com