Conecte-se connosco

Região

Cinco concelhos em risco máximo de incêndio no distrito de Coimbra. Veja aqui quais são

Publicado

em

O risco máximo de incêndio está hoje alargado a cinco concelho do distrito de Coimbra. Miranda do Corvo e Penela juntam-se a Arganil, Oliveira do Hospital e Pampilhosa da Serra no risco máximo de incêndio no distrito de Coimbra, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
O concelho da capital de distrito mantém o nível muito elevado assim como os restantes concelhos sem costa marítima, à exceção de Montemor-o-Velho que está em risco moderado. Mira, Cantanhede e Figueira da Foz apresentam risco elevado.

Cerca de 80 concelhos do interior Norte e Centro e norte Alentejo estão hoje em perigo máximo de incêndio rural, segundo o IPMA.

De acordo com a informação disponível no ‘site’ do IPMA, as concelhos que estão sob risco máximo localizam-se nos distritos de Bragança, Vila Real, Braga, Porto, Coimbra, Guarda, Viseu, Castelo Branco, Santarém e Portalegre.

O IPMA colocou também em risco muito elevado de incêndio rural mais de 50 municípios dos distritos Viana do Castelo, Vila Real, Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Coimbra, Leiria, Santarém, Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Faro.

O risco de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo e os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para hoje, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera apontam para uma descida da temperatura máxima no Sul e no interior Norte e Centro, aguaceiros e trovoada no Norte e Centro, em especial no interior. O céu vai estar muito nublado no litoral oeste até final da manhã.

As temperaturas as mínimas vão oscilar entre os 15 graus Celsius (Sines) e os 22º (Portalegre) e as máximas entre os 24º (Sagres e Sines) 37º (Castelo Branco).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade