Conecte-se connosco

Coimbra

Ciclo “Mimesis” traz a Coimbra mais de 40 eventos de teatro e artes performativas (com vídeo)

Publicado

em

São mais de 40 as atividades de teatro e artes performativas planeadas para decorrer na cidade de Coimbra, no âmbito do Ciclo “Mimesis”. A iniciativa da Reitoria da Universidade de Coimbra vai decorrer em vários palcos e decorre de 15 de maio a 15 de junho. 

Esta é a terceira edição do ciclo que regressa este ano, depois de dois anos de pandemia, num formato integralmente presencial. O objetivo, explicou Delfim Leão, vice-reitor para a Cultura e Ciência Aberta da Universidade de Coimbra, é “expandir a vertente performativa e valorizar o espetáculo, promovendo uma reflexão à volta da própria produção artística”.

O evento “inscreve-se na estratégia de programação cultural anual da Reitoria da UC, procurando valorizar a criação e a prática artísticas, promover a investigação especializada, aprofundar a formação e qualificação na área das artes e contribuir para a diversidade e qualidade da programação cultural, ao estimular o diálogo entre a UC, a cidade, a região e o país”, sustentou o responsável, falando de um “ciclo colaborativo”.

“Todo o ciclo é pensado para a Universidade sair de si, relançar-se, cruzar saberes, de modo a tornar a experiência mais rica”, referiu Delfim Leão, adiantando que o “Mimesis” procura “revigorar a centralidade histórica da UC nestes domínios de atuação artística, com destaque para a expressão dramática, robustecendo a sua presença em redes culturais mais amplas, em laboratórios artísticos e em iniciativas relevantes de reflexão estético-performativa”. Com uma programação “eclética”, o evento permite que “cada um faça o percurso que quer pelos vários eventos”, sublinhou ainda o vice-reitor. 

O ciclo contempla diversas parcerias, como com a Agência para a Promoção da Baixa da Cidade, que procuram a “imersão da população em locais menos prováveis”. 

O diretor do Teatro Académico de Gil Vicente, Fernando Matos Oliveira, e considerou “reconfortante regressar a alguma normalidade com o Mimesis em formato presencial”, destacando a realização de workshops. 

Na apresentação do ciclo esteve também presente Margarida Pedroso Lima, do InterDito – Grupo de Teatro da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra (FPCEUC), responsável pelo espetáculo de abertura “Os Dados Estão Lançados” já no domingo, dia 15, às 15:00. Também Tiago Martins, da Associação Artística e Cultural Salatina que a 29 de maio apresenta a peça “Atemporais” no seu salão de eventos.

Veja o programa na íntegra em: https://www.uc.pt/cultura/mimesis/programa_mimesis_2022_13052022.pdf/

Veja o direto NDC com Delfim Leão: 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com