Conecte-se connosco

Desporto

Ciclismo: Espanhol vence etapa, mas Amarela fala português!

Publicado

em

Julen Amezqueta (Café Baque) venceu isolado em Oliveira do Hospital a segunda tirada da 23ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros, mas o português César Martingil (Liberty Seguros – Carglass) ascendeu ao primeiro lugar da competição dedicada aos corredores Sub 23 em igualdade de tempo com o segundo  da geral, o russo Vadim Zhuravlev (Lokosphinkx). A dois escassos segundos está o terceiro homem da Volta do Futuro, Ruben Sanchez (Café Baque).

volta

O vencedor desta jornada, Julen Amezqueta, integrou a fuga do dia e disparou sozinho para a meta a faltarem três quilómetros, conseguindo em Oliveira do Hospital a primeira vitória da carreira. A audácia valeu-lhe a Camisola Vermelha Banco BIC, símbolo da classificação por pontos. O Rei da Montanha, o ucraniano, Anatoliy Budyak, pontuou nas três contagens desta sexta feira e agarrou-se ainda mais à Camisola Azul Fundação do Desporto.

O Camisola Amarela César Martingil (Liberty Seguros-Carglass) é também o líder da Juventude representada pela  Camisola Branca RTP. O corredor de 20 anos, natural do distrito de Santarém, mostrava-se surpreendido com a liderança na Volta a Portugal do Futuro: “Não é todos os dias que chegamos à Camisola Amarela e hoje sinto que a sorte esteve comigo!” Dividido entre duas classificações ainda acrescentou: “Vou trabalhar para chegar a Oliveira de Azeméis de Amarelo, mas preferia ficar com a Camisola Branca e que a vitória na competição fosse para outro colega de equipa.”

Os 135 quilómetros da segunda etapa foram recheados de dificuldades. Nas três contagens de montanha houve duas de segunda categoria em Alvares e Santa Ovaia, a última a apenas sete quilómetros da chegada. Foi mais um dia de muitas movimentações nas Terras de Sicó para o jovem pelotão das esperanças do ciclismo nacional, a que se juntaram seis equipas estrangeiras totalizando 12 formações. Até domingo discutem a mais importante prova da época exclusivamente dedicada ao escalão Sub 23. De Alvaiázere, município que deu origem a esta etapa, saíram 74 corredores.

Com o fim-de-semana chega a etapa mais curta da 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros e a mais complicada. A partida acontece às 12h40 no Fontelo, em Viseu, em direção à serra de São Macário em São Pedro do Sul. As Metas Volantes estão instaladas em Tondela, Campo de Besteiros e São Pedro do Sul. Haverá um prémio de Montanha de 3ª categoria, em Campo de Besteiros, mas as verdadeiras dificuldades estarão reservadas para a meta na  Serra de São Macário, uma contagem de 1ª categoria que há muito não é utilizada no ciclismo.

A meta da Volta a Portugal do Futuro, em Oliveira do Hospital recebeu também a chegada da primeira etapa da Volta a Portugal de Cadetes. João Costa (CC Barcelos/AFF) foi o vencedor da tirada de 67 Km que começou na Lousã. Atrás do poveiro, primo de Rui Costa, chegou Ricardo Dias (Talho do Povo/Ramalde) com o mesmo tempo e a 3 segundos ficou o espanhol Daniel Sebastian (Gandia-Renault Ginestar). A segunda etapa da Volta dedicada aos corredores com 15 e 16 anos corre-se este sábado. São 58,5 Km entre Viseu (13h10) a S. Pedro do Sul (15h00).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com