Coimbra

Cicatriz no Teatrão

Notícias de Coimbra | 9 anos atrás em 03-11-2015

A Oficina Municipal do Teatro acolhe nos dias 4 e 5 de novembro, às 21:30, um espetáculo de “humor satírico em tempos absurdos e surrealistas”.

PUBLICIDADE

Cicatriz_foto_RicardoChaves_03

“Cicatriz, ou a mulher que foi mordida por um leão” é uma produção do Trigo Limpo Teatro ACERT que brinca com coisas sérias e usa a vida complicada de uma doméstica como superfície para aventuras e ilusões.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O texto, da autoria de Carlos Santiago, faz emergir uma dramaturgia que evolui no processo de ensaios, em leituras que testaram as intencionalidades e a afinação da escrita teatral, em conjunto com os atores.

PUBLICIDADE

Para o encenador, José Rui Martins, este é um espetáculo “politicamente incorreto” que cumpre a função histórica do humor como aliado da crítica velada à atualidade.

Em foco, problemas reais como a corrupção, o desemprego, os compadrios e afiliações políticas menos honestas e o alheamento proposto pelo entretenimento mais vulgar. Tudo isto parte de uma mulher mordida por um leão que exibe a sua cicatriz. Nessa marca, uma espécie de mapa sem coordenadas nem lógica, é onde se desenrola a ação.

Para o encenador do espectáculo (que é também director da Associação Cultural de Tondela – Acert), José Rui Martins, esta é uma incursão por uma área teatral “muito delicada como é o humor, a sátira e o absurdo, mas sempre numa perspectiva dos diabos e de mordidelas de leão que atormentam a cada momento.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE