CHUC

CHUC contemplado com Lotaria de Ano Novo

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 02-01-2014

CHUC

PUBLICIDADE

O reforço do capital estatutário do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) em 17 milhões de euros, via Ministério da Saúde, permitirá aumentar a sustentabilidade financeira dos hospitais da cidade, disse hoje à Lusa o seu presidente.

Martins Nunes, presidente do Conselho de Administração do CHUC, explicou que esta verba de 17 milhões de euros irá pagar a totalidade do empréstimo que o ex-Centro Hospitalar de Coimbra (habitualmente denominado de hospital dos Covões) tinha contraído, em 2008, junto do Fundo de Apoio ao Sistema de Pagamentos do Serviço Nacional de Saúde.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Desta forma, explicou, aumenta-se a sustentabilidade do CHUC e consegue-se uma poupança anual de 300 mil euros, só em juros, além do esforço de amortização do empréstimo.

PUBLICIDADE

O ex-Centro Hospitalar Psiquiátrico de Coimbra e ex-Hospitais da Universidade de Coimbra não tinham contraído dívidas junto do Fundo, disse também o presidente do Conselho de Administração do CHUC.

Martins Nunes explicou igualmente que o processo de “fusão está praticamente todo concluído”, havendo agora necessidade de reorganizar o CHUC, em várias áreas.

“Perspetivo um bom ano, com a continuação do esforço de reorganizar o hospital”, explicou.

O CHUC foi constituído em abril de 2011 e resultou da fusão dos Hospitais da Universidade de Coimbra, do Centro Hospitalar de Coimbra e do Centro Hospitalar e Psiquiátrico de Coimbra.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE