Política

Chega quer “derrotar PS” em eleição que é “1.º degrau” para legislativas

Notícias de Coimbra com Lusa | 4 semanas atrás em 28-05-2024

O líder do Chega, André Ventura, traçou hoje como objetivo “derrotar o PS” nas europeias de 9 de junho e considerou que estas eleições são um “primeiro degrau” para as próximas legislativas.

PUBLICIDADE

Chega realizou hoje um comício em Santo Estêvão, no concelho de Tavira (distrito de Faro), no qual não participou o cabeça de lista, António Tânger Corrêa, que ficou em Lisboa a participar no debate televisivo entre os candidatos dos partidos com assento parlamentar.

Discursando praticamente à hora a que começou o debate, o presidente do Chega falou da candidata do PS, a antiga ministra da Saúde Marta Temido, dizendo que “cobria a cara de vergonha” se escolhesse um cabeça de lista alguém “responsável pelo estado caótico da saúde que o Algarve tanto tem sentido”.

PUBLICIDADE

“Se Marta Temido tivesse um pingo de vergonha, ela que saiu do ministério porque morreu mais uma pessoa às portas do Serviço Nacional de Saúde, não se apresentava a estas eleições. Mas eles apresentam-na, cabe-nos a nós derrotá-los”, afirmou André Ventura.

“Temos de derrotar o PS nestas eleições europeias, é o símbolo de tudo contra o qual nós lutamos”, insistiu, deixando um apelo: “Eu peço-vos não fiquem em casa, não acreditem que estas eleições são menos importantes, porque elas serão o primeiro degrau daquilo que ditará a nossa vitória numa legislativas”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Criticando os comentadores políticos, André Ventura disse aos presentes para não se preocuparem “com o que eles dizem nas televisões e nas crónicas que escrevem nos jornais que já ninguém lê”.

“Agora percebemos que eles estão todos comprados elo PS e o PSD. Se é assim só temos de fazer o nosso caminho até ganhar estas eleições”, afirmou.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE