Conecte-se connosco

Coimbra

Chega em Coimbra: André Ventura e Mateo Salvini encerram trabalhos

Publicado

em

O III congresso Nacional do Chega termina hoje em Coimbra, com a eleição dos órgãos nacionais do partido, e o discurso de Matteo Salvini, líder da Liga, partido da extrema-direita de Itália.

Os trabalhos do terceiro e último dia da reunião magna do Chega arrancam com a votação da lista apresentada pelo presidente eleito à direção nacional do partido, e aos restantes órgãos: Mesa do Congresso, do Conselho Nacional e do Conselho de Jurisdição Nacional.

André Ventura escolheu duas mulheres, Marta Trindade e Ana Motta Veiga, para vice-presidentes do partido.

Com a saída de três vice-presidentes – Diogo Pacheco de Amorim, Nuno Afonso e José Matias – entram na lista Marta Trindade e Ana Motta Veiga e sobe um vogal da anterior direção, Pedro Frazão, que vão a votos na manhã de hoje.

Os dois outros vice-presidentes, António Tânger Correia e Gabriel Mithá Ribeiro, eleitos no congresso de Évora, mantêm-se.

As intervenções dos convidados, designadamente de Matteo Salvini, estão previstas para cerca das 15:00, antes do discurso de encerramento do presidente e deputado do partido, que chegou a Coimbra já eleito em diretas, em março, a que concorreu sozinho.

André Ventura apresentou listas únicas à direção e ao conselho nacional, principal órgão entre congressos, mas multiplicaram-se as candidaturas aos outros órgãos: duas para a mesa do congresso e três para o conselho de jurisdição nacional.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link