Conecte-se connosco

Coimbra

César Rodrigues apresenta amanhã “Estádio de Espírito”

Publicado

em

César Rodrigues, investigador da Universidade de Coimbra, apresenta amanhã, às 15:00, o livro “Estádio de Espírito”, no auditório do ISCAC| Coimbra Business School.

“Neste livro, os leitores vão encontrar uma coletânea de temas transversais da sociedade e que, a partir da reflexão sobre acontecimentos desportivos, ganha ainda vida pela produção de comentários pessoais e inéditos gizados por setenta e uma personalidades dos mais diversos quadrantes da sociedade portuguesa”, refere ao NDC o autor, natural de Coimbra. O ponto de partida da obra está na análise a cada uma das crónicas concebidas para a revista Sábado e agora ” agora devidamente compendiadas,
recuperadas, atualizadas e complementadas com mais de setenta contra crónicas de personalidades diversas”.

A obra apresenta “um lastro temporal de cinco anos, com início em 2016 e que recebe contributos até setembro de 2021”, explica o investigador do CEIS20, da Universidade de Coimbra. No livro reflete-se “sobre a realidade país e do mundo, desportivamente e não só, e sobre as implicações desportivas nas sociedades, incluindo reflexões sobre o tempo atual e a pandemia que nos assola”.

O título “Estádio de Espírito” é uma metáfora “em que a vida pode ser vista como um Estádio no qual treinamos diariamente para que, com uma boa preparação física, psíquica e mental, nos seja permitido viver um estádio de felicidade!”, revela o escritor.

Na obra, “pratica-se o pensamento através da escrita, elevando socialmente o desporto, vencendo a pobreza de espírito, marcando golos contra a indiferença, correndo com os preconceitos, lutando contra a acomodação, nadando contra as águas paradas, exercitando a resiliência, chutando o inconformismo, acelerando no conhecimento, surfando na erudição e ginasticando as ideias”, define César Rodrigues.

“Desejo que as distanciadas reflexões plasmadas no livro – sejam elas complementares, convergentes, divergentes e/ou antagónicas – possam contribuir para uma cidadania comprometida e plural, acrescentando distintas cogitações sobre o desporto, o país e o mundo, num exame sobre o presente, com memória do
passado e projeção de futuro”, acrescenta.

“O objetivo foi e é – tendo por âncora realidades desportivas nas suas várias modalidades – beneficiar do desporto, na sua vertente mais valorativa, como tubo de ensaio para analisar as sociedades nas suas diferentes estruturas e realidades: económicas, culturais, sociais, religiosas, desportivas, entre outras”, explica o autor desta obra que já foi apresentada na Tribuna de Honra do Estádio Nacional, em Lisboa (dia 12) e no auditório da sede da Liga Portugal, no Porto (dia 5), com a presença de diversas personalidades portuguesas e de centenas de convidados, tendo passado também por Viseu e Ovar.

A seguir a Coimbra, a cidade que o autor elegeu para viver e trabalhar, a obra será também apresentada em Vila Real e Almada, entre outros locais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link