Conecte-se connosco

CES integra consórcio para implementar Planos de Igualdade de Género

Publicado

em

O Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra (UC) vai integrar o consórcio de um projeto europeu que se propõe implementar Planos de Igualdade de Géneroem dois tipos de entidades do sistema científico da Europa Central e do Sul: universidades/instituições de investigação científica e organismos de financiamento do sistema científico. 

igualdade

Com financiamento europeu de 2 milhões de euros, atribuído pelo H2020, programa-quadro de investigação e inovação da União Europeia, o consórcio SUPERA | Supporting the Promotion of Equality in Research and Academia, constituído por 8 parceiros europeus, viu a sua candidatura aprovada no Concurso para o «Apoio aos organismos de investigação para a implementação de planos para a igualdade de género» (Support to research organisations to implement gender equality plans) na área da «Ciência com e para a Sociedade» (Science with and for Society).

Entendendo as desigualdades de género no mundo académico enquanto fenómeno estrutural, transversal, complexo e multidimensional, o projeto visa, através da adoção de planos para a igualdade, contribuir para a integração da dimensão de género na investigação e na academia em 4 países da Europa Central e do Sul (Portugal, Espanha, Itália e Hungria). A metodologia a utilizar recorre à cocriação e envolvimento de todas as partes interessadas com base no transformation design.

O consórcio SUPERA, liderado pela Universidad Complutense de Madrid (UCM), reflete na sua parceria a ambição do projeto: universidades/organismos de investigação científica com grande potencial de impacto, pela sua multidisciplinaridade e vasta oferta académica – para além do CES/UC e da UCM, também a Università Degly Studi di Cagliari (Itália) e a Central European University (Hungria) –, enquanto os organismos de financiamento do sistema científico – Ministério de Economía, industria y Competitividad e Regione Autonoma della Sardegna, integram uma estratégia de maximização do alcance e institucionalização do projeto a nível nacional. O projeto conta ainda com dois parceiros de suporte – a Yellow Window (Bélgica) e a Fondation Nationale des Sciences Politiques (França) – com funções de facilitação, acompanhamento e avaliação contínua de todas as atividades.

Com Mónica Lopes como investigadora responsável, a equipa do CES/UC no SUPERA (que gerirá um orçamento próprio de 223.681 euros) integra não só investigadores/as com experiência na conceção de metodologias e ferramentas para a integração da igualdade de género nas políticas, processos e práticas, mas também elementos da estrutura de direção da UC e do CES. 

Este projeto assinala “um forte compromisso do CES e da UC com a igualdade de género, constituindo uma oportunidade de conhecimento e de reflexão crítica sobre as suas estruturas e práticas de governação, gestão e ensino/investigação e para equacionar ações de melhoria e de inovação no que fazem e produzem”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade