Assinaturas NDC

Apoie a nossa missão. Assine o Notícias de Coimbra

Mais tarde

Coimbra

Centro de Acolhimento João Paulo II prevê aumento de pedidos de ajuda

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 06-11-2013

O Centro de Acolhimento João Paulo II vai organizar uma recolha de bens na quinta-feira, com o intuito de dar um cabaz de Natal a cerca de 300 famílias de Coimbra.

PUBLICIDADE

A tipologia de quem pede ajuda “alterou-se”, há “mais pessoas sem qualquer apoio” estatal e o número de pedidos de ajuda aumenta de ano para ano, lembrou Armando Garcia, presidente da instituição de solidariedade de Coimbra, constatando que, há cinco anos, o centro de acolhimento apoiava menos uma centena de famílias.

A recolha irá decorrer no hipermercado do centro comercial Dolce Vita, entre as 08:30 e as 23:00 de quinta-feira, e pretende “abrilhantar a consoada das famílias que necessitam de ajuda”, num momento em que “o Estado fechou as portas à ajuda social”, criticou Armando Garcia.

“Vê-se gente que era de classe média e até de classe média-alta a pedir ajuda”, afirmou Armando Garcia, referindo que, a par de uma situação económica mais frágil, surgem também “problemas psicológicos”, que poderão levar a distúrbios na saúde mental e que, consequentemente, podem “destabilizar a própria família”.

Em época natalícia, a instituição considerou “fundamental” reforçar o apoio às famílias que ajuda, que, para além dos habituais enlatados, arroz, massa e outros bens essenciais, o cabaz terá também “bolo-rei, bacalhau, frutos secos” e outros alimentos que normalmente estão presentes na consoada.

Para além da recolha de alimentos, o Centro de Acolhimento João Paulo II irá também dar brinquedos a crianças na festa de Natal da instituição, a 14 de dezembro, graças “às ajudas da rede empresarial da região e também das pessoas da paróquia de São José”.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com