Conecte-se connosco

Política

CDS diz que “Coimbra tem de ter uma via verde para o investimento” (com vídeo)

Publicado

em

“Coimbra é a capital das obras inacabadas”, disse Jorge Almeida, o candidato do CDS pelo distrito às Eleições Legislativas, em entrevista ao Notícias de Coimbra. O também deputado municipal defende que “os empresários que querem investir e criar postos de trabalho devem ter a vida facilitada”.

“Em Coimbra não se vislumbram investimentos que permitam trazer mais competitividade ao distrito, o que nós vemos é uma política de abandono e as propostas do CDS são para contrariar esse abandono”, assegurou o líder distrital do CDS, que escolheu como cenário da entrevista o exterior do Convento São Francisco com vista para a colina sagrada.

“Queremos contrariar o esquecimento do território, ligar as partes, numa perspetiva inteligente de integração”, sustentou. “A região para ser mais competitiva precisa de mobilidade”, acrescentou, lembrando que a A13 “termina na Portela não fez a ligação ao IP3”, que também precisa de “requalificação”, assim como o IC6 que “deveria ser terminado”.

Jorge Almeida defende “uma via verde para quem quer trabalhar e investir  em Coimbra” de forma “consciente, equilibrada, assertiva”. Para o número 1 da lista do CDS por Coimbra “um empresário não pode estar dois ou três anos à espera de uma licença para ampliar a sua fábrica”. “Coimbra tem de ser um destino muito atrativo para o investimento”.

O candidato, para quem “Coimbra é a capital das obras inacabadas”, mostra-se “preocupado com as assimetrias regionais, as clivagens cada vez mais evidentes”, dizendo que não pode “aceitar que a mobilidade hoje em Coimbra seja pior do que há 10 anos”.

Questionado sobre a crise interna do CDS, Jorge Almeida sublinhou que o partido “sempre soube renascer”, destacando “o percurso, valores e os 47 anos de história”. No que respeita ao distrito o candidato assume “uma voz determinada, que nunca se calará”.

 

Veja e entrevista NDC na íntegra gravada em direto com Jorge Almeida, candidato do CDS: 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link