Economia

Casar está cada vez mais caro! Sabe quanto?

Notícias de Coimbra | 2 meses atrás em 21-02-2024

Casar em Portugal está a tornar-se uma opção cada vez mais dispendiosa.

PUBLICIDADE

A Fixando, plataforma de contratação de serviços, fez as contas e concluiu que, nos dias de hoje, um casamento para 50 pessoas pode custar, em média, mais 5.000 euros do que há 4 anos, reflexo do aumento substancial nos custos associados a estes eventos.

De acordo com a análise, a redução no tamanho das festas é outra tendência que se tem verificado nos últimos anos, onde 38% das cerimónias recebem menos de 50 pessoas, contra os 33% que se verificavam em 2020.

PUBLICIDADE

publicidade

“Estas mudanças não são apenas uma continuação da tendência iniciada durante a pandemia, são também influenciadas pelo aumento da inflação e do custo de vida, que leva os portugueses a tomar decisões mais ponderadas do ponto de vista financeiro”, explica Alice Nunes, diretora de novos negócios da empresa.

Nos últimos 4 anos, vários foram os serviços essenciais para casamentos cujos preços aumentaram significativamente, como é o caso dos fotógrafos, cujo custo médio subiu de 700 para 783 euros, dos celebrantes de casamentos, que agora cobram cerca de 425 em comparação aos 383 euros anteriores, dos DJs, com um aumento de preço de 389 para 469 euros.

PUBLICIDADE

Além destes, também os serviços de maquilhagem e penteados para casamentos registaram um aumento nos preços, passando de 81 para 140 euros e de 70 para 128, respetivamente.

Ao analisar as mudanças no mercado de casamentos em Portugal, a Fixando revela ainda uma nova tendência: a procura por alternativas aos casamentos tradicionais.

De acordo com a mesma fonte, a procura por alternativas aos casamentos religiosos está a aumentar, com uma queda acentuada na preferência por cerimónias tradicionais. Em 2020, 43% dos casais que recorreram à Fixando para contratar serviços associados a casamentos, optaram por casamentos religiosos, enquanto em 2024 esse número encontra-se nos 31%.

Com esta nova tendência, aumentou também a procura por wedding planners, cujos serviços estão a tornar-se uma opção mais comum para casais que procuram uma experiência mais personalizada, tendo-se já verificado um aumento de 326% na procura por estes profissionais, entre 2020 e 2024. A par deste aumento, também a contratação de serviços de celebrante de casamentos disparou em 263%.

“À medida que mais casais optam por celebrações menos convencionais, maior é a procura por profissionais que atuam neste setor. DJs, fotógrafos, wedding planners e celebrantes de casamentos estão a deparar-se com uma procura crescente e também com uma possibilidade de inovação e reinvenção que lhes permite ir ao encontro de novas tendências e clientes. É uma oportunidade de ouro para o setor impulsionar o crescimento dos negócios, abrindo as portas a novos segmentos e serviços dentro da sua área de atuação”, destaca Alice Nunes.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE