Conecte-se connosco

Região

Cantanhede vai ajudar na formação de dirigentes desportivos

Publicado

em

Na sequência de deliberação camarária datada de 20 de abril de 2022, o Município de Cantanhede entregou esta quinta-feira, 29 de setembro, a segunda tranche de apoios às associações desportivas do concelho, num valor global de 41.213,87 €. A cerimónia decorreu no salão nobre dos Paços do Concelho e contou com as presenças do vice-presidente do Município, Pedro Cardoso, e do vereador do Desporto, Adérito Machado.

Depois de ter elogiado o papel dos agentes desportivos e enaltecido o “extraordinário trabalho que desenvolvem na mobilização das comunidades para o exercício de atividade física regular e o papel insubstituível na formação desportiva dos jovens e na dinamização do desporto de rendimento”, o vice-presidente do Município, Pedro Cardoso reforçou “a importância e centralidade do desporto enquanto polo de formação para os valores e para a cidadania”.

“Este apoio às associações desportivas é o reconhecimento da Câmara Municipal à dedicação abnegada com que os dirigentes associativos enfrentam o desafio constante de dinamizarem a atividade desportiva nas suas comunidades”, justificou.

Por outro lado, o vereador do Desporto, Adérito Machado, aproveitou para alertar os dirigentes desportivos para a necessidade de uma “gestão responsável” das instituições, “com obrigações legais muito semelhantes às empresas e entidades públicas”.

“Os tempos que se avizinham serão dramáticos para a autossustentabilidade das associações desportivas e só sobreviverá quem estiver bem preparado para reduzir o desperdício e revelar capacidade para captar recursos e aplica-los com eficiência”, salientou.

A primeira tranche, de 78.786,13€, já havia sido entregue em maio passado, no âmbito do Regulamento de Apoio às Associações Desportivas (RAAD) e, na ocasião, o Município de Cantanhede, através de Divisão de Desporto, lançou um conjunto de desafios às associações desportivas, nomeadamente aumentar o número de praticantes federados e não federados; criar secções de desporto adaptado; aumentar o número de praticantes em competições nacionais e em competições internacionais; atingir os 60% do universo das secções federadas das associações desportivas de Cantanhede; reforçar a formação profissional dos treinadores; e ter 55% das instituições com mais de 100 praticantes.

Outra preocupação da autarquia passa pela capacitação das associações, daí ter estabelecido uma parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) para o desenvolvimento do Clube Top, cujos objetivos foram apresentados na sessão desta quinta-feira por Gabriel Gomes.

Trata-se de um programa que tem por finalidade o desenvolvimento de clubes desportivos mais sustentáveis, dotados de pessoas devidamente capacitadas, enraizados nas suas comunidades e capazes de responder às necessidades e expetativas dos seus associados e praticantes desportivos, sejam estes de lazer, recreação ou competição.

Entre os objetivos específicos desta parceria está a melhoria da gestão dos clubes desportivos, capacitando-os para os desafios da autossustentabilidade e conferindo-lhes maior capacidade para reduzir o desperdício, para gerar e captar recursos e para os aplicar de uma forma eficaz, eficiente e efetiva.

O Clube Top visa ainda a melhoria do programa desportivo, com atividades e instalações mais ajustadas aos seus atletas e à comunidade onde intervêm; mais adesões e maior envolvimento dos atletas, sócios e colaboradores; maior reconhecimento pela qualidade dos serviços prestados e maior reconhecimento social na comunidade local.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com