Conecte-se connosco

Região

Cantanhede reúne todas as condições para se tornar um destino turístico de excelência

Publicado

em

O vice-presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, Pedro Cardoso, “não tem dúvidas de que Cantanhede reúne os ativos necessários para se tornar um destino turístico de excelência”. Todavia, entende que esse desiderato só será atingido se todos os que operam nesta área continuarem a investir, em busca de oportunidades para gerar mais e melhor turismo.

“É precisa visão estratégica, um plano de ação, mas é necessário também que os agentes ajudem a criar condições, não apenas de atratividade, investindo em novas abordagens, com visão, mas também com criatividade e ousadia”, justificou.

Ao intervir na sessão que assinalou o Dia Mundial do Turismo, organizada pelo setor do Turismo do Município e que reuniu mais de uma centena de alunos das escolas EB 2,3/Secundária da Tocha, Secundária Lima-de-Faria e Escola Técnico Profissional de Cantanhede, o autarca refletiu também sobre o desafio de conciliar o turismo enquanto atividade económica e a perspetiva de desenvolvimento sustentável.

“O turismo é o encontro de vontades entre quem promove, quem partilha as suas riquezas, e quem pretende experiências únicas e marcantes, que os faz voltar e divulgar”, sintetizou, alertando, todavia, que “esse encontro de vontades não pode ser feito a qualquer preço e o Município de Cantanhede está alinhado com os 17 objetivos do desenvolvimento sustentável que constam da Agenda 2030, pois o turismo é parte constitutiva de um processo de desenvolvimento sustentável”.

No caso de Cantanhede, Pedro Cardoso não tem dúvidas de que além da singularidade de integrar três regiões – Gândara, Bairrada e Baixo Mondego -, e da valorização do património natural, arquitetónico, cultural e gastronómico, o turismo traz outra vantagem: “a valorização da nossa identidade enquanto comunidade”.

Reiterando o compromisso da autarquia em consolidar o estatuto de Cantanhede enquanto destino de excelência, o vice-presidente da Câmara relembrou alguns dos principais atributos turísticos locais, “que nos permite ter um território muito especial” e “com enormes potencialidades”.

Na palestra sobre “Repensar o Turismo para um Futuro mais Sustentável”, Ana Moita Francisco, mestre em Gestão Estratégica de Destinos Turísticos e Gestora de Projetos de Destinos Sustentáveis na Biosphere Portugal, sublinhou a importância de serem cumpridos os critérios de sustentabilidade com vista à certificação dos destinos turísticos, apresentando alguns casos de sucesso. Ana Moita Francisco foi mesmo mais longe, ao afirmar que “só se pode falar em turismo se existir sustentabilidade”.

Destaque ainda na sessão que decorreu no auditório da Biblioteca Municipal para a apresentação dos serviços municipais de turismo e das respetivas funções e de alguns dos principais indicadores turísticos do concelho.

A iniciativa terminou com um quizz, que testou os conhecimentos dos alunos sobre alguns dos principais atributos turísticos de Cantanhede. Os cinco elementos da equipa vencedora foram premiados com uma coluna de som e headphones.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com