Região

Cantanhede quase quadruplica atendimentos na área social

Notícias de Coimbra com Lusa | 3 semanas atrás em 21-05-2024

Os serviços sociais prestados pelo município de Cantanhede quase quadruplicaram desde que assumiu há um ano novas competências nesta área, anunciou hoje a autarquia.

PUBLICIDADE

“Com as responsabilidades dos programas sociais que transitaram da Administração Central para a esfera da autarquia, em 01 de abril de 2023, os atendimentos passaram de 1.600 para 6.000 por ano”, informou hoje a Câmara de Cantanhede, presidida por Helena Teodósio.

O trabalho de ação social “aumentou exponencialmente após a transferência de competências”, o que “traduz uma pressão bastante maior sobre os serviços, cuja capacidade de resposta tem estado à altura das exigências”.

PUBLICIDADE

Citada na nota enviada à agência Lusa, a autarca do PSD adiantou que houve um “forte investimento da autarquia no reforço das equipas, não só para tratar dos processos decorrentes da transferência de competências”, no âmbito do Rendimento Social de Inserção (RSI) e do Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social e da Emergência Social (SAASES), mas também para assegurar “intervenções de caráter social que já eram da responsabilidade da autarquia e que também registaram um aumento apreciável”.

“Além da contratação de mais recursos humanos, foi necessário proceder ao seu enquadramento orgânico e criar os espaços de atendimento adequados”, segundo Helena Teodósio, que enalteceu “o extraordinário suporte” das instituições particulares de solidariedade social (IPSS) na atividade realizada.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Os atendimentos foram efetuados “sem interrupções, de forma descentralizada, em várias freguesias do concelho de Cantanhede, tendo sido constituídas quatro equipas territoriais para o efeito”, mantendo o atendimento permanente na Casa Francisco Pinto.

Quando aceitou as competências na área social, em abril de 2023, o município de Cantanhede, no distrito de Coimbra, “já tinha em curso vários programas de intervenção”, como o Regulamento Municipal de Atribuição de Subsídios a Agregados Familiares em Situação de Extrema Carência Económica, o Cartão Abem, da Associação Dignitude, o Banco de Voluntariado, o Incentivo à Natalidade e o Banco de Recursos Colmeia.

O Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes, o Gabinete de Apoio ao Emigrante, o Balcão da Inclusão e as ações de intervenção em parceria com entidades locais e regionais são outros dos programas de intervenção da autarquia.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE