Conecte-se connosco

Região

Cantanhede aceita candidaturas às Bolsas de Inovação Científica Professor Doutor António Lima-de-Faria

Publicado

em

Abre a 1 de maio e por um período de 15 dias, a 1.ª fase de candidaturas às Bolsas de Inovação Científica Professor Doutor António Lima-de-Faria, programa destinado a apoiar jovens na investigação científica inovadora e que foi instituído no âmbito de um acordo entre o cientista patrono e a Câmara Municipal de Cantanhede.

Este programa de apoio à ciência consiste na atribuição de duas bolsas anuais, no valor de 1.000 euros cada, destinadas a comparticipar os encargos inerentes à inscrição num congresso nacional/internacional ou estágio de curta duração num laboratório em Portugal/no estrangeiro. Cada uma das bolsas é patrocinada em montantes iguais pela autarquia e por António Lima-de-Faria.

Para efeitos de candidatura serão admitidos resumos ou planos de trabalhos de qualquer área ou ramo científico da autoria de jovens estudantes do ensino secundário ou do ensino superior (1.º, 2.º ou 3.º ciclos), dos 15 aos 35 anos de idade.

A avaliação estará a cargo de um júri presidido por Manuela Grazina, docente da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, e do qual fazem ainda parte Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede, e os professores universitários Carlos Fiolhais, Rodrigo Cunha e Manuel Castelo Branco.

O regulamento pode ser consultado na página eletrónica do Município de Cantanhede em http://www.cm-cantanhede.pt ou na Divisão de Educação e Juventude, na Casa Francisco Pinto, no horário normal de expediente.

Nascido em Cantanhede a 4 de julho de 1921 e doutorado em genética pela Universidade de Lund (Suécia), onde, desde o início da década de 50 do século passado, se destacou como proeminente cientista e docente, António Lima-de-Faria dá também o nome ao prémio pecuniário instituído pelo Município de Cantanhede que desde 1991 distingue o aluno do concelho com melhor média final no ensino secundário.

A forte ligação à terra que o viu nascer levou-o também a doar ao Município um valioso acervo da sua biblioteca científica que inclui livros sobre diversas áreas do conhecimento e uma importante coleção de mapas de Portugal, alguns datados do século XVI.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link