Coimbra

Candidatura de Coimbra a Região Europeia de Gastronomia 2021 em destaque no Castelo de Montemor-o-Velho

Notícias de Coimbra | 6 anos atrás em 28-07-2018
No dia 27 de julho, no castelo de Montemor-o-Velho, o presidente da Câmara Municipal, Emílio Torrão, foi o anfitrião de um encontro dinamizado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIMRC) no âmbito da apresentação da candidatura à Região Europeia de Gastronomia 2021 e que contou a presença do júri que representa o IGCAT – International Institute of Gastronomy, Culture, Arts and Tourism.

Ao referir que “a candidatura apresenta a ligação entre tradição, a história e o desenvolvimento local e regional”, o autarca montemorense sublinhou: “Acreditamos que a gastronomia é o melhor embaixador para agradar aos turistas e aos nossos visitantes”.

PUBLICIDADE


Emílio Torrão aproveitou o momento para desvendar um pouco sobre aposta e a qualidade das frutas e hortícolas do concelho, nomeadamente “o morango que é exportado, na sua maioria, para o norte da Europa”, assim como sublinhou: “Portugal e a Região Centro têm produtos de exceção, verdadeiramente incríveis, vibrantes de cor, sabor e de história para oferecer a todos os que nos visitam. Aqui se produz um arroz de exceção que tem particularidades únicas e que está incluído na lista de produtos com Indicação Geográfica Protegida (IGP)”.


No momento, João Ataíde, presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz e da CIMRC, referiu: “É um grande desafio de afirmação da nossa região, pelo que temos consciência que este projeto já está ganho porque nos obrigou a uma reflexão em comum e promoveu a partilha”.
“Vamos tentar afirmar a nossa gastronomia, as nossas tradições e a nossa história”, reforçou.

PUBLICIDADE


Em Montemor-o-Velho, a presidente do júri, Edith Szivas, perita em turismo sustentável e vice-presidente do IGCAT (área financeira), com base no documento de candidatura, na visita à região nos dias 27 e 29 de julho e nos espaços de debate, anunciou que “o júri decidiu que a Região de Coimbra deve ser recomendada para o título de Região Europeia de Gastronomia 2021”.


No decorrer da participada sessão, que contou também com a presença de diversas confrarias gastronómicas, foi apresentada ainda a atividade levada a efeito pela Rede de Castelos e Muralhas do Mondego.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade


No final, junto ao Posto de Turismo, a comitiva foi brindada com uma mostra gastronómica marcada pela tradição e pela inovação, não faltando a doçaria regional e conventual, os enchidos, os vinhos, os pratos regionais e os saborosos morangos produzidos no concelho de Montemor-o-Velho.


Recorda-se que a candidatura foi apresentada pela CIMRC, envolveu cerca de 40 entidades de diversas áreas e tem como embaixador o chef Luís Lavrador.


O resultado vai ser divulgado, no dia 8 de outubro, em Bruxelas.

 

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE