Conecte-se connosco

Política

Candidato do PS a Anadia quer dar resposta à falta de habitação

Publicado

em

O candidato do PS à Câmara de Anadia, André Henriques, quer “resolver os problemas mais básicos que têm ficado para trás” daquele concelho, apontando para a habitação, atração de investimento e rede de abastecimento de água.

“As prioridades do atual executivo são discutíveis. Tem-se investido em coisas de utilidade muito duvidosa, como em rotundas, e os investimentos de proximidade, a resolução dos problemas mais básicos das populações têm ficado para trás”, afirmou à agência Lusa o candidato socialista à Câmara de Anadia, no distrito de Aveiro.

André Henriques, de 42 anos, é diretor financeiro de uma empresa, é membro da concelhia e distrital do PS e foi deputado municipal em Anadia entre 2005 e 2017.

Em 2017, o PS não concorreu em Anadia, tendo apoiado o movimento independente que venceu as eleições autárquicas.

“As coisas não correram bem e havia muitos simpatizantes e militantes insatisfeitos com o movimento. Entendo que é possível fazer diferente e melhor”, frisou.

Segundo André Henriques, a candidatura socialista pretende “colocar as pessoas no centro da decisão política”, com especial atenção para os mais desfavorecidos.

O candidato quer também dar resposta às diferentes freguesias, que “são muito heterogéneas”.

“Há freguesias abandonadas pelo executivo municipal, com problemas de saneamento, de mobilidade e de abastecimento de água”, notou.

Uma das prioridades será resolver o problema de habitação em Anadia, concelho “onde não há casas nem para arrendar nem para comprar”, salientou, considerando que, numa situação em que o mercado não dá resposta, o município tem de tentar corrigir a situação.

Segundo André Henriques, a Câmara de Anadia poderá avançar com isenções fiscais para facilitar a compra de casa, incentivos financeiros para jovens agregados fixarem-se no concelho ou até “pela via do próprio investimento” da autarquia, que poderá construir e arrendar, caso o problema não seja resolvido.

O candidato propõe também investimentos na melhoria da rede de águas do concelho, em que “as ruturas e fugas são frequentes”, garantir 100% de cobertura da rede de saneamento e manutenção e conservação do espaço público.

André Henriques salientou ainda a necessidade de o município “sair do gabinete” e conseguir atrair investimento para o concelho, considerando que é fundamental criar “grandes lotes industriais” infraestruturados.

O executivo municipal é composto por cinco vereadores eleitos pelo Movimento Independente Anadia Primeiro (MIAP) e dois do PSD.

Para além de André Henriques, candidatam-se à Câmara de Anadia a atual presidente, Teresa Cardoso (MIAP), João Nogueira de Almeida (PSD) e Marco Alves (CDU).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com