Cidade

Câmara renova iluminação da Portagem e República

Notícias de Coimbra | 8 anos atrás em 26-10-2016

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) irá proceder à renovação da iluminação pública na Praça da República e Largo da Portagem.

PUBLICIDADE

unnamed

A medida foi anunciada hoje, pelo presidente da autarquia, Manuel Machado, depois de assinar um protocolo entre o Município e a EDP Distribuição – Energia, S.A. com vista à instalação de luminárias com tecnologia LED no concelho.

PUBLICIDADE

João Mendes, diretor de Rede de Clientes Mondego da EDP Distribuição – Energia, S.A., assinou o documento por parte da empresa. 

Manuel Machado deu ainda instruções no sentido de se proceder a um reajustamento dos relógios astronómicos, que regulam automaticamente o desligar/ligar da iluminação pública de acordo com a hora de nascer e pôr-do-sol.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Conforme instruções do autarca, a iluminação pública deve ser ligada 15 minutos depois do pôr-do-sol e desligada 15 minutos antes do nascer do sol. Segundo Manuel Machado, deste modo, pretende-se contribuir para a salvaguarda, segurança e bem-estar dos munícipes.

José Augusto Ferreira da Silva, vereador do CPC, tinha denunciado esta situação na última reunião do executivo municipal:

Sabe porque é que a nossa iluminação pública é desligada antes do sol nascer?

“É importante que a renovação da iluminação pública na Praça da República e na Portagem ocorra antes do Natal”, apontou o presidente da CMC.

A intervenção na Praça da República contemplará a substituição da iluminação existente por quatro colunas, em ferro fundido, com cinco braços cada. Neste espaço, as atuais lâmpadas de vapor de sódio de alta pressão vão dar lugar a luminárias de tecnologia LED.

No caso do Largo da Portagem, serão colocadas três novas colunas em ferro fundido com três braços, cada um com lanternas compostas por lâmpadas LED. Acresce a esta alteração a colocação de três projetores concentrantes (um em cada coluna) destinadas a iluminar a estátua de Joaquim António Aguiar.

O protocolo hoje assinado prevê que a EDP Distribuição e a Câmara Municipal de Coimbra partilhem os custos da colocação de luminárias LED, conforme o estipulado no Contrato de Concessão, nomeadamente, no caso específico de jardins, parques públicos, zonas de lazer e núcleos antigos delimitados. Recorde-se que as luminárias de tecnologia LED apresentam caraterísticas de melhor restituição de cor, menor consumo e maior vida útil, face às de vapor de sódio de alta pressão.

A Associação Nacional de Municípios Portugueses e a EDP Distribuição acordaram, no passado mês de setembro de 2016, a revisão do Contrato Tipo de Concessão, tendo em conta a evolução tecnológica (nos aparelhos de iluminação e respetivos suportes) e ou a redução dos custos e dos consumos, sem pôr em causa os níveis de iluminação aconselháveis.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE