Conecte-se connosco

Cidade

Câmara investe no Canil Municipal de Coimbra

Publicado

em

A Câmara Municipal de Coimbra prepara-se para introduzir melhorias significativas no Canil Municipal, capazes de aumentar o bem-estar dos animais que ali se encontram recolhidos e de melhorar as condições de trabalho dos funcionários.

cão

A decisão do município surge depois de uma grande polémica entre os comunistas Francisco Queirós (vereador com o pelouro do canil) e Jorge Gouveia Monteiro (o ex-vereador que lidera os Gatos Urbanos).

O projeto de execução, que aponta para um custo de obra de 34.044 euros, será apreciado e votado na reunião do executivo do próximo dia 21 de abril.

No geral, o conjunto de beneficiações “irá renovar as instalações do Canil Municipal de Coimbra, dotando-o de melhores condições de ventilação – essenciais para contrariar a humidade e os maus odores –, iluminação natural e um piso melhor adaptado aos fins a que se destina esta infraestrutura”.

O Canil Municipal de Coimbra dispõe de 28 boxes para canídeos, mais um pavilhão exterior com outras 10 boxes destinadas a animais para adoção. Graças a esta intervenção, seis das 28 boxes do edifício principal ganham área de recreio exterior, passando para 21 as que contam com esta extensão. As restantes sete, apenas interiores, estão reservadas a animais que, por questões de saúde, necessitam de estar isolados. Acresce a estas, outras seis boxes, de formato circular, para animais agressivos, nas quais vão ser aplicadas janelas em alumínio capazes de proporcionar entrada de luz/ventilação.

Segundo a CMC, “atualmente, o Canil Municipal de Coimbra enferma de maus odores, por falta de ventilação, e de humidade, devido às contantes lavagens e desinfeções. As obras previstas deverão acabar com estes incómodos. Nomeadamente, através da instalação de sete claraboias para iluminação e ventilação dos espaços; da abertura de visores de iluminação entre o corredor das boxes circulares e o corredor anexo; da substituição integral dos pavimentos degradados, em betonilha, por pavimento em resina com remate às paredes; e da pintura geral de paredes e tetos nas áreas intervencionadas. A obra prevê ainda a definição de entradas separadas para animais e funcionários e a abertura de guichet/passagem entre a sala de preparação e a das campanhas de esterilização”.

Além destas beneficiações, o Canil Municipal de Coimbra, inaugurado em 1991, encontra-se, atualmente, a receber outras melhorias. Uma delas diz respeito à área do gatil e consiste na colocação de prateleiras que permitem aos felídeos aceder a uma área de recreio exterior com 30 m2. O funcionamento de alguns espaços foi também reajustado, nomeadamente ao nível da sala de higienização dos animais e da sala/cozinha para funcionários.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade