Coimbra

Câmara de Coimbra “mete” meio milhão de euros no iParque para equilibrar contas

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 05-06-2023

A proposta de reposição de equilíbrio financeiro  relativo às contas de 2022 do iParque, no valor de cerca de 490 mil euros, foi aprovada na reunião desta segunda-feira, 5 de junho, do executivo municipal de Coimbra, com quatro abstenções do PS.

PUBLICIDADE

A vereadora socialista Regina Bento chamou a atenção para os resultados negativos de mais de meio milhão de euros em 2022 do iParque, questionando o porquê de o executivo ainda não ter avançado com uma solução, quando já se tinha mostrado preocupado com aquela empresa no ano anterior, num relatório de contas em que se registou um resultado financeiro negativo de 106 mil euros.

“Os resultados negativos aumentaram cinco vezes. O que justifica passar de um resultado negativo de 100 mil euros para meio milhão de euros?”, questionou a vereadora da oposição.

PUBLICIDADE

Na resposta, o vereador com a pasta do empreendedorismo, Miguel Fonseca, esclareceu que o resultado negativo de 2022 deve-se à ausência da venda de lotes no parque (só foram assinados contratos de promessa de compra e venda para lotes da segunda fase do iParque) e ao reforço do valor reservado para processos com a Autoridade Tributária que ainda estão em aberto.

Já o presidente da Autarquia, José Manuel Silva considerou que é necessário “reequacionar o funcionamento” daquela empresa que gere o parque tecnológico de Coimbra e prometeu para breve uma proposta “para um novo olhar” sobre aquela instituição.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE