Conecte-se connosco

Lazer

Câmara de Coimbra evoca 123.º aniversário de Artur Paredes

Publicado

em

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai assinalar o 123.º aniversário de Artur Paredes, considerado por muitos o “pai” da Guitarra de Coimbra. No próximo dia 10 de maio, terça-feira, pelas 18h00, a Casa da Escrita vai acolher uma breve comunicação de Jorge Cravo e um apontamento musical por dois guitarristas da cidade, Bruno Costa e Hugo Gambóias (guitarra portuguesa), a que se juntam as guitarras clássicas de Nuno Botelho e Ni Ferreirinha. A iniciativa é dirigida ao público em geral e tem entrada livre.

No 123.º aniversário de Artur Paredes, a CM Coimbra convidou Jorge Cravo, cultor da Canção de Coimbra, a proferir a comunicação “Artur Paredes: A Guitarra e um Mestre”, pelas 18h00, na Casa da Escrita.

Segue-se um apontamento musical por dois guitarristas da cidade, Bruno Costa e Hugo Gambóias (guitarra portuguesa), a que se juntam as guitarras clássicas de Nuno Botelho e Ni Ferreirinha. Os intérpretes farão uso das três guitarras que outrora pertenceram a Artur Paredes e que foram legadas ao Município de Coimbra pelo seu filho, Carlos Paredes.

Artur Paredes nasceu em Coimbra, na freguesia de Santa Cruz, a 10 de maio de 1899 e faleceu em Lisboa, com 81 anos de idade. É considerado o responsável pela afirmação de uma guitarra solista, ao lado de uma nova guitarra de acompanhamento da Canção de Coimbra, fruto das grandes inovações práticas, como executante e de construção, como ideólogo, que trouxe à Guitarra de Coimbra. Para além da interpretação de temas populares, o repertório criado e gravado por Artur Paredes representa um dos primeiros repertórios originais solistas para Guitarra de Coimbra.

A iniciativa é dirigida ao público em geral e tem entrada livre.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link