Conecte-se connosco

Coimbra

Câmara de Coimbra dá “porco” a jornal nacional e “chouriço” à imprensa local (e quer assar à sua moda!)

Publicado

em

No dia 30 de novembro, a Câmara Municipal de Coimbra convidou o nosso “Órgão de Comunicação Social para a Apresentação da nova temporada do Convento São Francisco (janeiro a junho de 2023)”, que se realizou hoje 5 de dezembro, pelas 16h00.

Esta manhã, horas antes da sessão, fomos surpreendidos com uma notícia no ípsilon do Público (exclusivo para assinantes do diário da SONAE) intitulada “Na sua nova vida, o Convento São Francisco quer fazer de Coimbra um lugar central, em que “O PÚBLICO antecipa alguns destaques da programação, que será apresentada nesta segunda-feira”.

Não nos pareceu de bom tom que a CMC tenha convocado a imprensa para contar o que já tinha revelado ao jornal dO Azevedo e questionamos a autarquia, que, através de Ana Margarida Morais, do “Gabinete de Apoio à Presidência”, justificou assim a sua postura do executivo liderado por José Manuel Silva: Como tem sido percetível, o atual Executivo pretende dar um impacto de escala nacional ao Convento São Francisco e isso só é possível com a ocupação de espaço em meios de comunicação nacional de referência, que, como sabe, só se consegue com a antecipação de conteúdos. É uma prática comum aos equipamentos municipais de referência um pouco por todo o país. No entanto, e porque temos o maior respeito e consideração pelos órgãos de comunicação local, há muita informação relativa à programação para o primeiro semestre de 2023 no Convento São Francisco que não está no artigo do “Público” e que vai ser apresentada na conferência de imprensa desta tarde.

A verdade é que Paulo Pires, o recém nomeado “Diretor do Departamento de Cultura e Turismo da CM de Coimbra e Diretor Artístico do Convento São Francisco”, contou tudo o que havia para contar ao jornal dos donos do Continente. O resto é música!

Apesar disto, fomos à apresentação, com o objetivo de transmitir em direto, que, como o leitor sabe, é uma das imagens de marca do Notícias de Coimbra. Infelizmente, fomos obrigados a suspender a emissão, porque, antes da sessão, Filipe Carvalho, “chefe da Divisão de Gestão e Programação do Convento São Francisco”,  decidiu condicionar o nosso trabalho, relegado o este diário para o “fundo da plateia”.

O Notícias de Coimbra nunca aceitará que os meios locais sejam tratados como um parente pobre da comunicação social e que alguma  entidade, sobretudo as que são pagas com o dinheiro do povo, condicionem ou desvalorizem o nosso trabalho. 

Posto isto, porque os conimbricenses merecem, vamos continuar a noticiar as atividades mais ou menos importantes promovidas pela autarquia local,
incluindo as nunca serão notícia nos alegados “meios de comunicação nacional de referência”.

Notícias de Coimbra opta por publicar a notícia da “apresentação” que comprou à agência Lusa e que pode ler aqui

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com