Conecte-se connosco

Coimbra

Câmara de Coimbra antecipa mais de meio milhão de euros para freguesias face às necessidades da pandemia

Publicado

em

O presidente da Câmara Municipal (CM) de Coimbra, Manuel Machado, aprovou hoje o pagamento antecipado por conta do quarto trimestre de 2020, no valor global de 598.722 euros, para as Juntas e Uniões de Freguesia do concelho, tal como já aconteceu nos últimos três trimestres.  Esta verba pretende dotar as freguesias dos recursos e da capacidade financeira necessários para reforçar as limpezas e manutenção de vias, a pequenas reparações, manutenção dos espaços envolventes aos Jardins de Infância e Escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico e a apoio ao funcionamento. No despacho, Manuel Machado refere que a transferência destas verbas é “urgente face às necessidades decorrentes da pandemia covid-19”.

A CM Coimbra vai antecipar mais de meio milhão de euros para as Juntas e Uniões de Freguesia do concelho, uma verba que diz respeito aos Acordos de Execução para 2020.

Manuel Machado destaca que a transferência destas verbas é “urgente face às necessidades decorrentes da pandemia covid-19”. Segundo a informação técnica dos serviços municipais, este valor vai possibilitar que as freguesias prestem um serviço de qualidade às populações, através de uma utilização racional dos recursos que lhes são disponibilizados.

Recorde-se que o apoio às Juntas e Uniões de Freguesias continua a ser uma forte aposta do executivo municipal, liderado por Manuel Machado, refletida nas GOP 2020, nas quais o apoio às Freguesias totaliza um valor superior a 7M€, ao qual acresce inúmeras dotações relativas a obras nas freguesias e que serão assumidas diretamente pela CM Coimbra, nomeadamente algumas intervenções nos cemitérios.

Valores a transferir para cada uma das Juntas de Freguesia/União das Freguesias referentes ao quarto trimestre dos Acordos de Execução para 2020:

Almalaguês – 24.365,67 euros

Brasfemes – 19.776,19 euros

Ceira – 24.900,22 euros

Cernache – 28.243,55 euros

São João do Campo – 18.4620,87 euros

São Silvestre – 20.873,75 euros

Santo António dos Olivais – 61.127,10 euros

Torres do Mondego – 21.232,41 euros

Antuzede e Vil de Matos – 26.314,07 euros

Assafarge e Antanhol – 33.984,50 euros

Coimbra – 41.108,28 euros

Eiras e S. Paulo de Frades – 54.795,33 euros

São Martinho de Árvore e Lamarosa – 32.316,62 euros

São Martinho do Bispo e Ribeira de Frades – 52.713,03 euros

Santa Clara e Castelo Viegas – 43.406,37 euros

Souselas e Botão – 31.813,27 euros

Trouxemil e Torre de Vilela – 27.495,00 euros

Taveiro, Ameal e Arzila – 35.793,65 euros

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade