Conecte-se connosco

Coimbra

Câmara atribui 23.400 euros a duas associações de Coimbra para a realização de eventos

Publicado

em

O executivo da Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai analisar e votar, na sua reunião de segunda-feira, duas propostas de atribuição de apoios financeiros pontuais a associações do concelho, no valor global de 23.400 euros. Os apoios vão ser concedidos à Motivos Alternativos – Associação Cultural, para a realização do evento “O Mundo da Alta” de 7 de julho a 18 de setembro, e para a Confraria da Rainha Santa Isabel, para a realização das duas procissões previstas no programa das Festas da Cidade e da Rainha Santa Isabel, nos dias 7 e 10 de julho. Recorde-se que as candidaturas ao apoio financeiro municipal à atividade pontual para 2022 terminam no próximo mês de setembro.

As propostas preveem a atribuição de apoios financeiros pontuais a duas coletividades no âmbito do novo Regulamento Municipal de Apoio ao Associativismo Cultural, que define critérios de rigor, transparência e isenção para a atribuição de apoios aos agentes culturais do concelho, com o objetivo de reconhecer o trabalho produzido pelo tecido associativo do município no domínio da Cultura. As candidaturas para 2022 ao apoio financeiro municipal à atividade pontual, previstas no regulamento, estão abertas até ao final do mês de setembro.

A Motivos Alternativos – Associação Cultural solicitou o apoio financeiro da autarquia para a realização do projeto “O Mundo da Alta”, que é constituído por seis concertos de world music, produzidos em parceria com a Associação Cultural e Recreativa e Memória Grémio Operário de Coimbra. O evento conta com músicos franceses, checos, italianos, brasileiros e austríacos e vai decorrer de 7 de julho a 18 de setembro no Grémio Operário, na Rua da Ilha, Alta da cidade. O evento arranca no dia 7 de julho com um concerto protagonizado por Graveola (Brasil), segue no dia 14 de julho com Woody Black 4 (Áustria), dia 14 de agosto com Malotira (Itália), dia 21 de agosto com Anná (Brasil), dia 4 de setembro com Camões House Band (República Checa) e dia 18 de setembro com Cao Laru (Brasil/França).  O projeto vai ser apoiado com 3000 euros. 

O segundo apoio será atribuído à Confraria da Rainha Santa Isabel para a realização de duas procissões no âmbito das Festas da Cidade de Coimbra e da Rainha Santa Isabel, que vão decorrer de 1 a 10 de julho. As Festas da Rainha Santa Isabel são celebradas desde 1756, ano em que a Rainha Santa foi eleita padroeira da cidade de Coimbra, e hoje são vistas com um dos eventos mais importantes da cidade, em termos culturais e turísticos, atraindo a Coimbra centenas de milhares de turistas durante o período das festas. A proposta passa, pois, pela atribuição de um apoio financeiro de 20.400 euros à Confraria Rainha Santa Isabel para a realização das procissões, nos dias 7 e 10 de julho, nomeadamente para se garantir a segurança do público e dos participantes, a guarda de honra à imagem da Rainha Santa, a contratação de bandas filarmónicas para a procissão, a instalação de palco e de sistema de som. 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link